Vídeo mostra protesto de garimpeiros, não ato contra governo Lula por corte no fornecimento de água ao Nordeste

Por Milena Mangabeira

18 de dezembro de 2023, 16h40

Não é verdade que um vídeo mostra a população da região Nordeste protestando contra o corte no fornecimento de água para irrigação e uso residencial determinado pelo governo Lula (PT), como fazem crer publicações nas redes. A gravação compartilhada pelas peças mentirosas registra, na realidade, um protesto organizado por garimpeiros no interior da Bahia em setembro do ano passado contra o fechamento de garimpos ilegais de extração de ouro na região.

Posts com o conteúdo enganoso acumulavam cerca de 90 mil visualizações no TikTok até a tarde desta segunda-feira (18). O vídeo fora de contexto também circula no WhatsApp, plataforma na qual não é possível estimar o alcance das publicações (fale com a Fátima).


Selo falso

Gente, ouça o que os nordestino vai falar. Vcs não vai acreditar nisso. Os nordestino diz que era feliz com Bolsonaro e votou no PT (sic)

Vídeo de protesto de garimpeiros circula acompanhado de legenda enganosa que afirma se tratar de manifestação recente contra interrupção no fornecimento de água ao  Nordeste

Um vídeo que mostra diversas pessoas reunidas em uma estrada de terra tem circulado nas redes como se registrasse um ato organizado recentemente pela população dos estados do Nordeste contra a paralisação no fornecimento de água pelo governo Lula (PT). As imagens, no entanto, foram gravadas em 1º de setembro de 2022, ainda durante a gestão Bolsonaro (PL), e mostram um protesto ocorrido em Santaluz (BA), onde um grupo de garimpeiros bloqueou a estrada de acesso a uma mineradora.

Apesar de não ter encontrado o registro original do vídeo usado pelas peças de desinformação, Aos Fatos identificou posts publicados no Kwai e no Instagram entre os dias 2 e 4 de setembro de 2022 que mostram a mesma cena de ângulos diferentes (veja comparação abaixo).

Comparação entre a publicação fora de contexto (à esquerda) e vídeo publicado em 2 de setembro de 2022 mostra elementos similares, como árvore e tenda branca.
Comparação. Vídeo compartilhado nas redes (à esq.) mostra elementos similares aos que aparecem na gravação de um protesto de garimepriso na Bahia, como tenda branca abaixo de árvore (Reprodução)

De acordo com a imprensa local, os garimpeiros teriam decidido impedir o acesso à mineradora Equinox Gold por acreditar que a empresa teria sido reponsável por delatar operações de garimpo ilegal que motivaram uma operação da PF (Polícia Federal) na região. Na época, foram expedidos 12 mandados de busca e apreensão nas cidades de Cansanção (BA) e Monte Santo (BA).

Em nota publicada no dia 6 de setembro, poucos dias depois da data em que o vídeo que circula nas redes foi gravado, a Equinox Gold alegou não ter relação com as investigações da PF. O bloqueio à estrada durou ao menos três dias.

Leia mais
HQ Como funciona a transposição do rio São Francisco? Fátima explica
Nas Redes É falso que carros-pipa voltaram porque Lula desligou bombas d’água no Nordeste
Nas Redes É falso que bombas da transposição do rio São Francisco foram desligadas pelo governo Lula

Essa não é a primeira vez que Aos Fatos desmente publicações que alegam que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) teria interrompido o acesso da população nordestina à água. Ao longo deste ano, foram checadas diversas publicações enganosas que afirmavam que o atual governo teria fechado trechos da transposição do rio São Francisco (veja aqui, aqui e aqui) ou instituído novas taxas para que os estados recebessem água.

Esta peça de desinformação também foi desmentida pela Folha de S.Paulo e pelo Comprova.

Referências:

1. Calila Notícias
2. Kwai
3. A Voz do Campo (1, 2)
4. Correio 24 Horas
5. Pombal FM
6. Aos Fatos (1, 2, 3, 4, 5)

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.