Conheça o Aos Fatos Lab


Aos Fatos Lab é o nosso braço de tecnologia e consultoria voltado a empresas e organizações da sociedade civil sem vinculação político-partidária. Parte de um plano gestado desde o início de suas operações, em julho de 2015, Aos Fatos abre suas portas para parceiros que buscam entender assuntos relacionados à qualidade das informações públicas no país e zelar pela educação de mídia da sociedade brasileira.

Aos Fatos produz por meio do seu Aos Fatos Lab projetos subsidiados de tecnologia e jornalismo por meio de grants e prestação de serviços. Na área de tecnologia, desenvolve projetos patrocinados de inteligência artifical e fact-checking automatizado. A equipe de jornalismo, por sua vez, produz relatórios temáticos, para consumo interno dos nossos clientes, e levantamentos de dados e investigações mais elaboradas, que podem ou não ser publicadas no nosso site. 

PRINCIPAIS PROJETOS

Projeto vencedor do Google Innovation Challenge, o Radar Aos Fatos é um monitor de desinformação em tempo real. Para ele, nossa equipe desenvolveu uma metodologia de monitoramento e verificação de conteúdos de baixa qualidade nas redes sociais. Com o Radar, qualquer usuário pode acompanhar em tempo real como esses conteúdos estão se espalhando na internet — em sites e redes como Facebook, Twitter, YouTube e Instagram —, além de receber análises exclusivas de nossa equipe sobre o cenário de desinformação on-line. Saiba mais aqui.


Artefato é um movimento cultural de combate à desinformação sobre Covid-19 patrocinado pela International Fact-Checking Network e o WhatsApp. Une o rigor jornalístico do Aos Fatos à força transformadora da cultura e da arte para impulsionar um movimento a favor da ciência. 


Fátima — que vem de “FactMa”, uma abreviação de “FactMachine” — é a voz dos projetos de inteligência artificial e automatização de checagem do Aos Fatos.

No WhatsApp, é um chatbot que envia checagens sob demanda para qualquer usuário que cadastrá-la e requisitar informações conforme seu menu. Clique aqui para interagir. O projeto é subsidiado pelo próprio WhatsApp.

Em sua versão para o Facebook Messenger, patrocinada pelo Facebook, o chatbot auxilia usuários no processo de verificação de conteúdo online. Clique aqui para conversar.

No Twitter, @fatimabot sincroniza um banco de notícias falsas ou distorcidas já checadas pela equipe editorial do Aos Fatos e envia avisos para usuários que eventualmente compartilhem desinformação naquela plataforma. O desenvolvimento da @fatimabot foi possível graças a uma premiação do Projeto ReVer (Rede da Verdade), patrocinado pelo site Catraca Livre em parceria com o Instituto SEB de Educação e apoio da Microsoft.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.