Quem somos


Aos Fatos é uma organização jornalística dedicada à investigação de campanhas de desinformação e à checagem de fatos. Aposta no híbrido entre tecnologia e investigação jornalística para informar sobre as mentiras que os políticos contam, as campanhas de desinformação que os poderosos coordenam e a influência das empresas de tecnologia nesse ambiente. Sua produção baseia-se em uma rigorosa metodologia de apuração e verificação reconhecida por parcerias transnacionais, premiações e instituições de Estado.

Aos Fatos foi ao ar pela primeira vez em 7 de julho de 2015 comandada pela jornalista Tai Nalon e por seus colegas Rômulo Collopy, então líder de tecnologia, e Carol Cavaleiro, então consultora de design. É uma empresa registrada na Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro e tem Tai Nalon como única sócia.


COMO O AOS FATOS SE SUSTENTA

Para se sustentar, atua em três frentes: produção jornalística, inteligência e tecnologia. Por isso, Aos Fatos tem uma premiada equipe multidisciplinar que envolve jornalistas, cientistas de dados, especialistas em investigações digitais, programadores e líderes em inovação.

Só é possível sustentar um modelo de vanguarda como esse com um conjunto de projetos, produtos e serviços que asseguram sustentabilidade financeira à empresa. São eles:

  • o programa de apoiadores Aos Fatos Mais
  • parcerias editoriais e com empresas de tecnologia;
  • produtos e serviços de tecnologia e inteligência do Aos Fatos Lab, como o Radar Aos Fatos, a Fátima e o Escriba

Aos Fatos não usa publicidade como fonte de recurso financeiro em seu site. A frequente veiculação de desinformação por meio de ferramentas programáticas endossa o argumento de que não há espaço no Aos Fatos para publicidade enganosa.

Aos Fatos também não recebe recursos do governo brasileiro, de administrações locais ou de partidos políticos. 


Parcerias DE PUBLICAÇÃO

Aos Fatos licencia comercialmente suas checagens para que plataformas digitais desenvolvam políticas próprias de combate à desinformação. Trata-se de uma prática recomendada por instituições de alto nível, como a União Europeia e a ONU. São clientes do Aos Fatos as seguintes plataformas:

  • Meta, com programas vinculados ao Facebook, ao Instagram e ao WhatsApp;
  • Telegram;
  • e Kwai. 

Inteligência e tecnologia

Aos Fatos mantém uma carteira de clientes focada em empresas de tecnologia. Para essas companhias, produz relatórios de inteligência e monitoramento sobre desinformação e discurso de ódio nos principais aplicativos de conversas e redes sociais. Essas informações são extraídas por meio do algoritmo preditivo do Radar Aos Fatos – tecnologia desenvolvida por cientistas de dados, estatísticos, linguistas e jornalistas para facilitar o entendimento sobre campanhas mentirosas na internet. Radar foi desenvolvido com o patrocínio do Google e tem como parceiro o Global Disinformation Index.

Outra vertical de financiamento do Aos Fatos é o Escriba, serviço proprietário de transcrição automática de áudios e vídeos que pode ser assinado por pessoas físicas ou empresas por valores a partir de R$ 50 mensais. O projeto já recebeu patrocínio do YouTube e do ICFJ (International Center for Journalists).

Por meio de grants oferecidas pelo setor privado e por fundações, Aos Fatos também desenvolve projetos inovadores de combate à desinformação, como a robô Fátima em seus vários figurinos e o projeto Artefato. Esses projetos já receberam patrocínios das fundações Heinrich Böll e Votorantim, além da Meta.


Credibilidade Internacional

Aos Fatos é signatário do código de conduta da IFCN (International Fact-Checking Network), que reúne mais de 100 iniciativas de checagem de fatos em todo o mundo sob rigorosas regras de transparência e ética profissional. Por isso, tem um compromisso público com normas como apartidarismo, identificação e atribuição de fontes de informação, transparência de financiamento, política de correção e cumprimento à risca de sua metodologia de checagem.

Desde 2017, Aos Fatos passa anualmente por uma auditoria meticulosa, feita por avaliadores independentes, de modo a conferir se essas regras estão sendo cumpridas. Essa análise confere à organização o reconhecimento necessário para estabelecer parcerias de alto nível no combate à desinformação e eleva Aos Fatos à condição de protagonista em nível global na promoção de um jornalismo comprometido com a verdade.


PRÊMIOS
 

Aos Fatos coleciona uma série de prêmios nacionais e internacionais, dentre eles o Gabriel García Márquez 2020, o Digital Media Américas 2023 e 2024, o Digital Media Latam 2020 e o Cláudio Weber Abramo 2019. Também recebeu menção honrosa da Sociedad Interamericana de Periodismo em 2019 e foi finalista dos Online Journalism Awards 2019.

  


Veja quem faz o Aos Fatos.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.