Não é verdade que Kim Namjoon, da banda BTS, elogiou Bolsonaro em discurso na ONU

Por Priscila Pacheco

19 de novembro de 2021, 16h07

É falso que Kim Namjoon, da banda sul-coreana BTS, elogiou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em discurso na ONU (Organização das Nações Unidas), como afirmam postagens nas redes sociais (veja aqui). Integrantes do grupo de k-pop discursaram na sede das Nações Unidas em setembro deste ano, mas não mencionaram o mandatário brasileiro.

A postagem enganosa acumulava centenas de compartilhamentos nesta sexta-feira (19) no Facebook.


Selo falso

Vocês ficaram sabendo sobre esse discurso na ONU que a imprensa brasileira esquerdista esconde??? Kim Namjoon, líder do grupo de K-pop BTS, a maior influência musical do mundo atualmente discursa na ONU e fala o seguinte sobre o Brasil e o governo Bolsonaro. "Ficamos sabendo do ótimo governo que o Bolsonaro vem fazendo no Brasil durante esses últimos anos. É um governo incrível e soube se virar bem durante essa pandemia que abalou o mundo todo. Nós admiramos a sua brava luta contra o comunismo e a imprensa de seu país que tenta manchar a imagem de um presidente honesto. Nós da Coreia do Sul e membros do BTS apoiamos totalmente Bolsonaro e o seu governo no Brasil. Vocês estão de parabéns e merecem respeito. Assim como todos os brasileiros

Não é verdade que Kim Namjoon, conhecido como RM e líder da banda sul-coreana BTS, elogiou Jair Bolsonaro na ONU. Os integrantes do grupo discursaram em um evento da Assembleia Geral das Nações Unidas sobre desenvolvimento sustentável, no dia 20 de setembro, mas não houve qualquer menção ao mandatário brasileiro.

Na ocasião, Namjoon e seus colegas falaram sobre o impacto da pandemia de Covid-19 na vida dos jovens e incentivaram a vacinação contra a doença. Os artistas citaram também a importância de refletir sobre a crise climática. Não foram ditas as frases “Ficamos sabendo do ótimo governo que o Bolsonaro vem fazendo no Brasil” e “Nós admiramos a sua brava luta contra o comunismo”, que aparecem nas peças desinformativas.

Após o discurso, o grupo apresentou um clipe gravado no prédio da ONU, em Nova York, com o objetivo de incentivar o público a agir a favor dos objetivos de desenvolvimento sustentável propostos pela organização. Tampouco foi feita menção a Bolsonaro em entrevista concedida durante a Assembleia Geral.

Aos Fatos não encontrou elogios a Bolsonaro em outras participações da banda em eventos da ONU. Em 2020, por exemplo, o grupo gravou para a 75ª sessão da Assembleia Geral da ONU um vídeo com uma mensagem sobre esperança para a juventude. Buscas com os termos “Bolsonaro + BTS” e “Bolsonaro + Kim Namjoon” também não localizaram nenhuma citação de Namjoon referente ao presidente brasileiro.

Referências:

1. The Washington Post
2. ONU (Fontes 1, 2, 3 e 4)
3. Google (Fontes 1, 2 e 3)
4. Extra
5. Reuters
6. Unicef


Aos Fatos integra o Third-Party Fact-Checking Partners, o programa
de verificação de fatos do Facebook. Veja aqui como funciona a parceria.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.