Grupos de WhatsApp brasileiros compartilham teorias da conspiração sobre eleição nos EUA ao menos 327 vezes

Por Bruno Fávero e João Barbosa

4 de novembro de 2020, 19h43


Teorias da conspiração e peças de desinformação que tentam atingir Joe Biden, candidato democrata à Presidência dos EUA, foram compartilhadas ao menos 327 vezes na última semana em grupos de WhatsApp, mostra levantamento do Radar Aos Fatos.

A reportagem analisou as 100 mensagens sobre as eleições americanas que foram mais compartilhadas em 237 grupos monitorados pelo Radar entre 29 de outubro e 4 de novembro e encontrou conteúdo desinformativo em 27 delas —todas de apoio ao presidente americano Donald Trump, que disputa as eleições presidenciais com Biden.

A peça enganosa mais disseminada nesse universo — encontrada em 11 mensagens compartilhadas um total de 182 vezes— é uma carta aberta em que um ex-embaixador do Vaticano nos EUA, o arcebispo Carlo Maria Viganò, declara apoio a Donald Trump no pleito.

No documento, publicado originalmente em inglês, Viganò reproduz uma série de teorias da conspiração, como a de que a vacinação contra a Covid-19 é um plano do bilionário Bill Gates e da indústria farmacêutica para "rastrear toda a população mundial", alegação já checada pelo Aos Fatos.

Ele também dissemina conteúdos encontrados em sites do movimento conspiratório QAnon, como o de que uma "elite global" planeja um "Grande Reset" para "subjugar toda a humanidade"; ou que Biden, adversário de Trump nas eleições, é uma pessoa "manipulada pelo Deep State".

Outras sete mensagens, compartilhadas um total de 68 vezes nesses grupos de WhatsApp, apontam, sem apresentar evidências, que haveria uma conspiração do partido democrata para fraudar as eleições americanas deste ano, como no exemplo abaixo:

"COMUNISTAS DEMONIOCRATAS ESTÃO ENGAJADOS PARA FAZER UMA FRAUDE GIGANTESCA, INCLUINDO O ABUSO DO USO DO VOTO PELO CORREIO, COLETA ILEGAL DE VOTOS, UM COMUNISTA VOTANDO MULTIPLAS VEZES NO BIDÊ, VOTANDO EM NOME DE AMERICANOS MORTOS E MANIPULANDO A VOTAÇÃO PELA MAQUINA DE VOTAÇÃO E CONTAGEM DOS VOTOS COMPUTADORIZADA."

Outros exemplos nessa linha citam um suposto envolvimento da China na trama:

Agente Demoniocrata da China Comunista declaram que o Bidê [Biden] será o Presidente pois irá fazer uma Nova Guerra Civil para instalar o Bidê na Casa Branca usando do Terrorismo não interessando o número da maioria dos votos que Trump tenha

As alegações espelham a retórica do presidente Donald Trump, que, também sem apresentar evidências, apontou risco de fraude nas eleições americanas e pressionou pela interrupção da contagem de votos nos estados enquanto estava em vantagem na apuração.

Circulam ainda nos grupos de WhatsApp brasileiros acusações de que Biden e seu filho Hunter sejam pedófilos, alegação que tampouco é sustentada por evidências.

Boatos similares começaram a aparecer nos EUA depois que uma reportagem do tabloide New York Post afirmou ter encontrado indícios do envolvimento de Hunter Biden em um caso de corrupção na Ucrânia, episódio que se tornou um dos principais assuntos das eleições deste ano.

O jornal afirma que as provas —que não foram corroboradas por outros veículos ou por autoridades— foram obtidas em e-mails encontrados em um laptop de Hunter e que o equipamento também continha fotos "sexualmente explícitas" .

Desde que o texto foi publicado, começaram a surgir nas redes sociais alegações de que o computador conteria pornografia infantil. Como já mostraram os sites de checagem americanos Snopes e PolitiFact essa alegação não consta na reportagem do New York Post nem é sustentada por evidências.

Acontece que há bastante pornografia infantil ali ... grande parte envolvendo crianças nas muitas viagens de Hunter à China. O Partido Comunista Chinês usa isso como uma tática de chantagem ... Ele fornece as meninas, filmam a pessoa, sem saber, e então pode mantê-lo "na linha", enquanto paga $$$ para fazer negócios lucrativos com o então vice presidente Joe Biden.

Por fim, outros textos enganosos, encontrados em três mensagens compartilhadas 21 vezes, afirmavam que Trump já havia ganhado as eleições deste ano antes mesmo da conclusão da apuração dos votos.

URGENTE BRASIL 🇧🇷 DONALD TRUMP GANHA AS ELEIÇÕES AMERICANAS NOS EUA🇺🇸 GRAÇAS A DEUS VIVA EUA 🇺🇸 VIVA O DONALD TRUMP VIVA O CAPITALISMO NA AMÉRICA DEUS ABENÇOE A AMÉRICA E DONALD TRUMP NO SEU NOVO MANDATO VIVA O PRESIDENTE DONALD TRUMP VIVA EUA🇺🇸👍🏻

sobre o

Radar Aos Fatos faz o monitoramento do ecossistema de desinformação brasileiro e, aliado à ciência de dados e à metodologia de checagem do Aos Fatos, traz diagnósticos precisos sobre campanhas coordenadas e conteúdos enganosos nas redes.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.