Foto não mostra caixas com votos em Trump descartadas em estrada de Michigan

Por Luiz Fernando Menezes

5 de novembro de 2020, 11h56

Uma foto que mostra caixas repletas de papéis na beira de uma estrada tem circulado nas redes sociais como se fossem votos em Donald Trump que foram propositalmente descartados no estado de Michigan (veja aqui). O registro, entretanto, é de setembro de 2018 e mostra cartas e encomendas largadas por um ex-funcionário dos correios em Nova Jersey.

A foto descontextualizada, que também tem viralizado nas redes americanas, tem circulado no Brasil principalmente no Facebook, onde acumula mais de 9.000 compartilhamentos. Todas as postagens foram marcadas com o selo FALSO na ferramenta de monitoramento da rede social (saiba como funciona).


FALSO

Uma foto que mostra caixas com identificação do Serviço Postal dos EUA jogadas em uma rodovia tem circulado nas redes sociais como provasse que houve fraude nas eleições americanas. Segundo as publicações, as caixas conteriam cédulas de votos em Donald Trump que não teriam sido contabilizadas em Michigan. A imagem, no entanto, é antiga, não tem relação com as eleições nem sequer foi registrada no estado citado.

Por meio de busca reversa, o Aos Fatos identificou que a foto aparece nas redes desde setembro de 2018. Segundo a Inquirer, trata-se de um registro feito por um morador de Camden, cidade de Nova Jersey, que encontrou as caixas com cartas e encomendas descartadas em uma rua de Pennsauken.

De acordo com a imprensa local, as caixas foram jogadas no chão por um funcionário que tinha acabado de deixar a empresa. Após a denúncia, o Serviço Postal americano afirmou que iria finalizar as entregas.

A mesma peça de desinformação vem circulando também nas redes americanas desde a última quarta-feira (4). Compartilhada por apoiadores do presidente americano e até candidatos, a foto descontextualizada foi checada por diversas equipes, como Lead Stories, USA Today e AP.

Até o momento, a apuração indica que Joe Biden venceu as eleições no estado de Michigan por uma diferença muito apertada. Segundo a Fox News, o candidato democrata conseguiu cerca de 130 mil votos a mais do que Trump.

Referências:

1. Inquirer
2. NJ
3. Fox News

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.