Brasil Urgente não exibiu depoimento em que homem critica Datena

Por Marco Faustino

14 de setembro de 2021, 19h18

É uma montagem o vídeo que circula nas redes sociais em que um homem aparece no telão do programa Brasil Urgente, da Band, fazendo críticas ao apresentador da atração, José Luiz Datena (veja aqui). A manipulação foi produzida a partir de imagens de uma edição exibida em fevereiro de 2020 e a emissora informou que a gravação não foi ao ar.

Este conteúdo enganoso reunia ao menos 70.000 compartilhamentos nesta segunda-feira (14) no Facebook.


Não é verdade que o vídeo das postagens mostre que o apresentador José Luiz Datena foi criticado ao vivo no programa Brasil Urgente por um homem que se dizia ex-fã do jornalista. A gravação é uma montagem feita a partir de outras duas filmagens: a edição de 15 de fevereiro de 2020 da atração da Band e o depoimento do homem.

No depoimento, o homem se apresenta como Marcelo e diz ser morador de Goiânia (GO), mas Aos Fatos não o localizou. Ele diz que foi às manifestações de 7 de Setembro para defender seu direito de ir e vir e sua liberdade de expressão e chama Datena de “ditador nojento” e “filho de Satanás”.

No trecho original, Datena conversava por telefone com telespectadores que reclamavam do preço dos combustíveis. Na tela, era possível ler as frases “Álcool e Gasolina” e “Recorde no preço dos combustíveis”. Na montagem, elas foram substituídas por “Eu gostava do seu programa” e “Homem simples detona Datena”. A manipulação também usa tipos de letras diferentes em relação ao padrão do programa.


Em comum. Comparativo entre o frame utilizado na montagem (imagem superior) e o extraído do original.

Também foi possível identificar três palavras ditas pelo apresentador por meio de leitura labial: “tipo”, “sei” e “entendi”, nas imagens utilizadas na montagem, e que foram proferidas de maneira idêntica por Datena durante conversa com um morador de Americana (SP) sobre o custo dos combustíveis.

Outro indício de desinformação é que, atualmente, o cenário do Brasil Urgente é predominantemente branco, não azul. Em nota, a Band informou que a gravação é fake news e disse que o conteúdo não foi ao ar na emissora.

Referências:

1. Facebook
2. YouTube


Aos Fatos integra o Third-Party Fact-Checking Partners, o programa
de verificação de fatos do Facebook. Veja aqui como funciona a parceria.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.