Vídeo que mostra protesto contra Lula no Recife é de 2019, não recente

Por Marco Faustino

19 de agosto de 2021, 17h25

É de 2019 um vídeo em que manifestantes vestidos de verde e amarelo protestam contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no Recife (PE). A gravação foi feita em um ato do movimento Vem Pra Rua em novembro daquele ano, mas é apresentada em posts nas redes (veja aqui) como se fosse da visita do petista à cidade no início desta semana.

Postagens que compartilham o vídeo somam ao menos 67 mil compartilhamentos nesta quinta-feira (19) no Facebook e foram marcadas com o selo FALSO por Aos Fatos na ferramenta de verificação (saiba como funciona).


Foi gravado em 17 de novembro de 2019 um vídeo em que manifestantes protestam contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e tentam bloquear a passagem de um ônibus no Recife (PE). Postagens nas redes sociais enganam ao apontar que as imagens seriam da última visita do petista à cidade, entre domingo (15) e segunda (16).

Na ocasião, o movimento Vem Pra Rua realizou uma manifestação contra a presença do petista na capital pernambucana, para participar do Festival Lula Livre. Embora não tenha encontrado a gravação original, Aos Fatos localizou cópias do vídeo que foram publicadas à época no Facebook e no YouTube (confira aqui e aqui), e que fazem referência ao protesto de 2019. O ato também foi noticiado pelo Diário de Pernambuco.

Em um trecho do vídeo é possível verificar uma faixa com a foto de Lula e os dizeres: “Recife repudia esse criminoso! Está solto, mas continua condenado!”, que é idêntico ao que aparece em uma foto do protesto publicada no site Portal de Prefeitura (veja abaixo), de 17 de novembro de 2019. Na época, Lula havia acabado de sair da prisão.

Lula esteve no Recife para encontros com partidos políticos e conversas com movimentos sociais. Em checagem anterior, Aos Fatos verificou que era falsa a alegação de que o petista foi hostilizado ao desembarcar no aeroporto da cidade.

Esta peça de desinformação também foi checada pela Lupa.

Referências:

1. Marco Zero
2. Facebook
3. YouTube
4. Diário de Pernambuco
5. Portal da Prefeitura
6. PT
7. Aos Fatos

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.