Vídeo de bolsonaristas cantando o hino na Bahia é de 2021, não deste ano

Por Luiz Fernando Menezes

5 de julho de 2022, 15h59

Um vídeo que mostra pessoas vestidas de verde e amarelo cantando o Hino Nacional em Salvador não foi gravado no último sábado (2), como alegam postagens (veja aqui). As cenas foram gravadas no dia 7 de setembro de 2021, no Farol da Barra, durante ato de apoio ao presidente Jair Bolsonaro (PL). Não há registro semelhante da visita do mandatário à capital baiana no último fim de semana.

Postagens com o vídeo descontextualizado somavam mais de 500 mil visualizações no TikTok e ao menos 2.000 compartilhamentos no Facebook nesta terça-feira (5).


Selo falso

Salvador cantando o hino nacional 02.07.22

Vídeo de setembro de 2021 circula como se fosse manifestação pró-Bolsonaro em julho de 2022.

O vídeo que mostra milhares de pessoas cantando o Hino Nacional no Farol da Barra, em Salvador, foi gravado em 7 de setembro de 2021, e não no último sábado (2), como afirmam postagens. Por meio de busca reversa, o Aos Fatos encontrou a gravação publicada em grupos bolsonaristas no Facebook na data em que aconteceram manifestações de apoio ao presidente Jair Bolsonaro em vários locais do Brasil.

Bolsonaro não estava presente no ato — naquele dia, ele discursou em São Paulo e em Brasília. Outros registros da mesma ocasião publicados no YouTube mostram o momento em que os manifestantes cantaram o Hino Nacional.

Neste ano, Bolsonaro visitou a capital baiana em 2 de julho, data que celebra a Independência da Bahia, participou de uma motociata e visitou obras. Outros três pré-candidatos à Presidência da República também estiveram em Salvador — Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet (MDB), que participaram de um cortejo cívico.

A Agência Lupa também checou essa desinformação.

Referências:

1. BBC
2. Youtube
3. G1
4. Nexo


Aos Fatos integra o Programa de Verificação de Fatos Independente da Meta. Veja aqui como funciona a parceria.

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.