Foto não mostra doação de alimentos pelo Exército em Aparecida

Por Marco Faustino

21 de outubro de 2021, 18h50

Uma foto de abril de 2020 que registra uma doação de alimentos em Itu (SP) circula nas redes sociais como se mostrasse uma ação beneficente do Exército em Aparecida (SP) no feriado de 12 de Outubro (veja aqui). Além da falsa atribuição da imagem, a última entrega de donativos no município com a participação dos militares ocorreu em março deste ano.

Este conteúdo enganoso acumulava ao menos 25.000 compartilhamentos no Facebook nesta quinta-feira (21).


Enquanto Arcebispo de Aparecida Dom Orlando Brandes faz sermão de que não precisamos de " ARMINHA", e Exército Brasileiro de Jair Messias levou 300 toneladas de comida para o povo daquela cidade que vive em volta da Basílica Católica

Postagens nas redes enganam ao usar uma foto de doação de alimentos promovida pela Prefeitura de Itu (SP) em abril de 2020 como se fosse uma ação beneficente do Exército em Aparecida (SP) no feriado de 12 de Outubro. A foto foi originalmente publicada no site da prefeitura e retrata militares movimentando sacolas em um caminhão.

Na ocasião, a prefeitura arrecadou 600 cestas básicas por meio de doações e contou com a ajuda do Exército para distribuí-las para famílias em situação de vulnerabilidade. Aos Fatos não conseguiu identificar o autor da foto.


Ação social. Foto mostra auxílio de militares na distribuição de cestas básicas em Itu (SP) em abril de 2020.

O Exército de fato participou de uma doação de 300 toneladas de alimentos em Aparecida, mas no dia 25 de março deste ano. Na época, a ação movimentou o Ceagesp (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo) e o Exército Brasileiro, que organizaram o transporte dos donativos.

No dia seguinte (26), mais 350 toneladas de alimentos foram doadas à Aparecida pelo projeto Brasil Fraterno, do governo federal. A entrega contou com a presença do ministro da Cidadania, João Roma, e da primeira-dama, Michelle Bolsonaro.

O Aos Fatos não localizou nas redes sociais, no site da prefeitura e na página do Exército informações sobre novas doações de alimentos pelo Exército em Aparecida em outubro.

Esta peça de desinformação tem sido disseminada em reação ao sermão do arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes, com críticas ao armamento da população na principal missa do feriado de 12 de outubro, dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil.

Na ocasião, Brandes afirmou que “Para ser pátria amada, não pode ser pátria armada. Para ser pátria amada, seja uma pátria sem ódio. Para ser pátria amada, uma república sem mentira e sem fake news”.

Após essa fala, outras peças desinformativas envolvendo a Igreja Católica têm sido disseminadas nas redes, como a que afirma que o Banco do Vaticano é o principal acionista da fabricante de armas italiana Beretta, conforme checou o Aos Fatos.

Referências:

1. Prefeitura de Itu
2. Governo Federal
3. Facebook
4. Prefeitura de Aparecida
5. Exército Brasileiro
6. G1
7. Aos Fatos


Aos Fatos integra o Third-Party Fact-Checking Partners, o programa
de verificação de fatos do Facebook. Veja aqui como funciona a parceria.


De acordo com nossos esforços para alcançar mais pessoas com informação verificada, Aos Fatos libera esta reportagem para livre republicação com atribuição de crédito e link para este site.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.