Poster do agregador

27.nov.2019

“Dei carta branca aos ministros. ”

A declaração é FALSA, porque ao menos em dois momentos o presidente barrou nomeações feitas por seus ministros. A primeira ocorreu em fevereiro de 2019, quando Boslonaro pressionou o ministro Sergio Moro para que ele revogasse a nomeação de Ilona Szabó para a suplência do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária. Segundo a Folha de S.Paulo, apoiadores do presidente nas redes sociais criticaram a escolha, e Bolsonaro pressionou Moro a voltar atrás. O outro caso ocorreu no MEC em março, quando o presidente impôs a demissão do então diretor de Programas da Secretaria-Executiva do MEC (Ministério da Educação), Ricardo Wagner Roquetti. A ordem foi motivada por pressão de uma ala do governo que acusou o diretor de ser responsável pela crise causada pelo pedido do MEC para que crianças fossem filmadas em escolas cantando o hino nacional e repetindo o slogan de campanha de Bolsonaro.

FONTE ORIGEM

REPETIDA 3 VEZES. Em 2019: 27.nov. Em 2021: 04.fev, 25.fev.

Tema: Equipe de governo. Origem: Discurso

Em 1.318 dias como presidente, Bolsonaro deu 5.988 declarações falsas ou distorcidas

Esta base agrega todas as declarações de Bolsonaro feitas a partir do dia de sua posse como presidente. As checagens são feitas pela equipe do Aos Fatos semanalmente.

Atualizado em 11 de Agosto, 2022


Explore as afirmações

Filtros

Por tema

Por origem

Ordenar por

02.ago.2022

“Você pega 2014, 2015: perdeu-se no Brasil quase 3 milhões de carteiras assinadas.”

É falso que o Brasil tenha perdido 3 milhões de empregos formais entre 2014 e 2015, como aponta o presidente. De acordo com dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), o saldo de carteiras assinadas em 2014 e 2015 foi, respectivamente, de +420 mil e -1,54 milhão. Isso significa que, ao longo dos dois anos, foram perdidos 1,1 milhão de empregos formais, e não 3 milhões.

FONTE ORIGEM

REPETIDA 13 VEZES. Em 2022: 02.jun, 05.jun, 19.jun, 23.jun, 26.jun, 05.jul, 12.jul, 20.jul, 25.jul, 28.jul, 01.ago, 02.ago.

Tema: Economia. Origem: Entrevista

02.ago.2022

“2020 e 2021, com pandemia, criou-se no Brasil quase 3 milhões de empregos.”

Segundo os dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgados pelo Ministério do Trabalho e Previdência, foram geradas 2.730.597 vagas de trabalho no mercado formal em 2021. Em 2020, no entanto, não houve saldo positivo: foram fechados 191.500 postos de trabalho. No total, foram criados 2,5 milhões de empregos, um número menor do que o citado por Bolsonaro.

FONTE ORIGEM

REPETIDA 12 VEZES. Em 2022: 02.jun, 19.jun, 30.jun, 05.jul, 12.jul, 13.jul, 20.jul, 21.jul, 25.jul, 02.ago.

Tema: Economia. Origem: Entrevista

02.ago.2022

“Não foi no meu governo. A mina de nióbio de Catalão, Goiás foi vendida pra China.”

Ao mencionar a produção de nióbio brasileira, o presidente afirma que a mina de Catalão (GO) foi vendida, o que não é verdade. Segundo a Constituição brasileira, os recursos minerais do país pertencem à União e, portanto, não podem ser vendidos. Terrenos para exploração são cedidos a empresas por meio de autorização, licenciamento, concessão ou partilha, conforme explica a CPRM (Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais). Em 2016, a empresa chinesa CMOC adquiriu as operações de nióbio e fosfato da Anglo American, uma empresa com sede em Londres e que atuava no Brasil desde a década de 1960. Uma de suas atuações é em Catalão (GO).

FONTE ORIGEM

REPETIDA 7 VEZES. Em 2020: 01.out. Em 2021: 06.mai, 07.nov. Em 2022: 07.abr, 10.jun, 21.jul, 02.ago.

Tema: Economia. Origem: Entrevista

02.ago.2022

“Lamento a oficialização do uso da "linguagem neutra" pela Argentina.”

É falso que o governo argentino tenha oficializado a linguagem neutra no país, como afirma o presidente Jair Bolsonaro. Contatada pela Folha de S.Paulo, a embaixada da Argentina negou a alegação. A única iniciativa similar foi adotada pelo Ministério de Obras Públicas argentino, que determinou em resolução "o uso da linguagem e da comunicação não sexista e inclusiva como formas expressivas válidas nas produções, documentos, registros e atos administrativos de todos os âmbitos desse ministério". Em junho, inclusive, a prefeitura de Buenos Aires proibiu o uso da linguagem neutra nas escolas. O motivo, segundo o prefeito Horacio Rodríguez Larreta, seria simplificar o aprendizado das crianças e lidar com a queda na compreensão de leitura ocorrida por conta da pandemia. A decisão foi criticada por autoridades nacionais e sindicatos de professores.

FONTE ORIGEM

Tema: Ideologia. Origem: Twitter

02.ago.2022

“90% dos títulos da reforma agrária são dados a mulheres.”

A alegação de Bolsonaro, referente aos títulos de propriedade emitidos em seu governo, não pode ser sustentada pelos dados oficiais disponíveis. Ainda que a Instrução Normativa nº 38, de 13 de março de 2007, determine que o nome da mulher deve constar como primeiro titular da unidade familiar nos títulos de propriedade emitidos pelo Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), o instituto afirmou ao Aos Fatos que a informação sobre o gênero dos beneficiados não está disponível de forma discriminada em sua base de dados. "O sistema não permite a filtragem específica. Portanto, o levantamento de tal dado demandaria busca e estratificação manual com custo e esforço desproporcional por parte do Instituto".

FONTE ORIGEM

REPETIDA 12 VEZES. Em 2022: 15.jul, 17.jul, 19.jul, 20.jul, 23.jul, 24.jul, 25.jul, 27.jul, 28.jul, 02.ago.

Tema: Direitos e Assistência Social. Origem: Entrevista

02.ago.2022

“Outra coisa, a criação do Pix nosso em 2020 (...)”

Bolsonaro afirma mais uma vez que o Pix foi uma criação de seu governo, o que não é verdade. Apesar de ter sido lançado em novembro de 2020, durante a sua gestão, o Pix começou a ser estudado pelo Banco Central em 2016 e teve suas principais diretrizes definidas em 2018, ainda durante o governo de Michel Temer (MDB). Em dezembro de 2016, o então presidente da instituição, Ilan Goldfajn, afirmou à imprensa que o BC se preparava para lançar uma ferramenta inspirada no Zelle, modelo de pagamentos instantâneos anunciado por uma fintech dos EUA. Ainda em 2016, servidores do banco produziram um relatório sobre os possíveis benefícios desse tipo de sistema, que passou a ser mais discutido ao longo de 2017. Por fim, em maio de 2018, foi instituído um grupo de trabalho chamado "Pagamentos Instantâneos", que estabeleceu as principais diretrizes para o que viria a ser o Pix. Posteriormente, já no início do governo Bolsonaro, foram realizados processos técnicos de desenvolvimento de sistema e criação da marca, segundo nota enviada pelo Banco Central ao UOL.

FONTE ORIGEM

REPETIDA 12 VEZES. Em 2022: 05.mai, 17.mai, 30.mai, 05.jun, 28.jun, 01.jul, 05.jul, 13.jul, 15.jul, 28.jul, 02.ago, 08.ago.

Tema: Economia. Origem: Entrevista

02.ago.2022

“E nós não podemos desamparar esses mais humildes que perderam, sim, com a inflação, que veio daquela política 'fica em casa, a economia a gente vê depois'.”

Bolsonaro exagera ao desconsiderar fatores internos e dizer que a alta de preços ocorreu apenas por causa das restrições de circulação implementadas durante a pandemia de Covid-19. Economistas ouvidos por Aos Fatos citam, como fatores que contribuem para a escalada da inflação, a instabilidade política, perda de credibilidade do governo e problemas estruturais. Um panorama fiscal publicado em dezembro do ano passado pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) citou que a percepção de risco fiscal elevada, agravada pelas contas públicas deficitárias, representava um fator negativo para o ritmo de crescimento da economia e contribui para a desvalorização do real. Em 2021, a moeda brasileira foi a 12ª que mais se desvalorizou, repetindo o desempenho negativo do ano anterior. Alex Agostini, economista-chefe da Austin Rating, lembra que diversos produtos consumidos no Brasil são sensíveis à variação cambial, como os combustíveis, mas também há participação dos preços de serviços e dos preços administrados pelo governo. Outros fatores citados são as limitações na infraestrutura logística e a baixa produtividade da indústria. É fato, porém, que as questões globais influenciam na alta de preços. De acordo com Feldman, o setor industrial foi afetado diretamente pela pandemia de Covid-19, o que gerou escassez de peças utilizadas em eletrônicos e automóveis e pressionou os preços, pela alta demanda.

LEIA MAIS FONTE ORIGEM

REPETIDA 11 VEZES. Em 2022: 02.mai, 11.mai, 14.mai, 15.mai, 19.mai, 30.mai, 02.jun, 03.jul, 20.jul, 02.ago.

Tema: Economia. Origem: Entrevista

02.ago.2022

“Eu fui contra isso daí. Devíamos tratar a questão do vírus e manutenção de emprego da mesma forma.”

De fato, Bolsonaro tem destacado desde o início da pandemia, em março de 2020, que haveria dois problemas para o Brasil, um de saúde pública e um econômico, e que os dois deveriam ser tratados simultaneamente. Em levantamento feito nas redes e nas falas do presidente, o Aos Fatos identificou o início de declarações do tipo no dia 15 de março de 2020, data de uma entrevista à CNN Brasil. O presidente, porém, nunca tratou as duas questões com o mesmo peso, já que, desde o início do surto de Covid-19 no Brasil, tem minimizado os efeitos da doença e criticado suas principais formas de prevenção. Em diversas entrevistas e declarações públicas, Bolsonaro relacionou a doença a uma “gripezinha” e chegou a dizer em discurso que o isolamento social seria “conversinha mole” e que as medidas de restrição de circulação seriam para “os fracos”. O presidente também ataca reiteradamente as vacinas, que afirma serem experimentais e não terem comprovação científica. Por todos esses motivos, sua declaração é falsa.

FONTE ORIGEM

REPETIDA 111 VEZES. Em 2020: 10.set, 16.set, 22.set, 08.out, 11.out, 14.out, 19.out, 27.out, 11.nov, 16.nov, 17.nov, 27.nov, 15.dez, 24.dez. Em 2021: 14.jan, 15.jan, 27.jan, 28.jan, 03.fev, 04.fev, 05.fev, 08.fev, 11.fev, 12.fev, 19.fev, 20.fev, 22.fev, 23.fev, 26.fev, 03.mar, 04.mar, 10.mar, 18.mar, 22.mar, 23.mar, 25.mar, 31.mar, 01.abr, 05.abr, 07.abr, 15.abr, 23.abr, 26.abr, 20.mai, 23.mai, 01.jun, 02.jun, 10.jun, 12.jun, 18.jun, 25.jun, 26.jun, 28.jun, 19.jul, 20.jul, 21.jul, 29.jul, 30.jul, 31.jul, 06.ago, 12.ago, 17.ago, 23.ago, 25.ago, 26.ago, 28.ago, 30.ago, 02.set, 10.set, 21.set, 29.set, 30.set, 07.out, 14.out, 21.out, 26.out, 27.out, 07.nov, 11.nov, 25.nov, 02.dez, 07.dez, 09.dez, 17.dez, 27.dez. Em 2022: 02.fev, 28.fev, 07.mar, 12.mar, 08.abr, 11.abr, 12.abr, 16.abr, 28.abr, 05.mai, 12.mai, 13.mai, 17.mai, 01.jul, 24.jul, 02.ago.

Tema: Coronavírus, Economia. Origem: Entrevista

02.ago.2022

“O salário dele [médico cubano], 80% era retido.”

É fato que o governo cubano recebia uma porcentagem do salário dos médicos integrantes do programa Mais Médicos, mas não é possível determinar o montante exato. Declarações públicas do ministro da Saúde do governo Dilma Rousseff, Arthur Chioro, e documentos apensados a processos judiciais de médicos cubanos indicam que era em torno de 70% do valor da bolsa recebida pelos profissionais. Não há, no entanto, informações oficiais públicas sobre qual era de fato a porcentagem. Aos Fatos, em checagem anterior, entrou em contato com o Ministério da Saúde e com a embaixada de Cuba, mas não recebeu respostas sobre os repasses feitos ao governo.

FONTE ORIGEM

REPETIDA 9 VEZES. Em 2019: 27.mar, 24.set. Em 2021: 13.jul, 22.jul, 17.ago, 10.set. Em 2022: 18.abr, 22.jun, 02.ago.

Tema: Saúde. Origem: Entrevista

02.ago.2022

“Eu não deixei fechar as universidades militares. É a Academia Militar das Agulhas Negras, Academia da Força Aérea e Escola Naval.”

Ao comentar sobre a interrupção das aulas durante a pandemia de Covid-19, Bolsonaro cita academias militares como exemplos de instituições que não interromperam suas atividades. Isso, no entanto, é falso, porque as três academias informadas suspenderam suas aulas em 2020 devido a surtos da doença entre alunos ou por decisão judicial. No dia 8 de maio de 2020, a Academia Militar das Agulhas Negras suspendeu as aulas por um mês após a confirmação de 25 casos de Covid-19 entre cadetes e militares. Caso semelhante também ocorreu na Escola Preparatória de Cadetes do Ar (chamada de Academia da Força Aérea), que instituiu férias de um mês após o registro de nove casos de infecção entre alunos. Já a Escola de Aprendizes-Marinheiros (chamada de Escola Naval) foi fechada por decisão judicial no dia 25 de maio do mesmo ano, após mandado de segurança impetrado por grupos sindicais.

FONTE ORIGEM

REPETIDA 21 VEZES. Em 2020: 20.ago, 04.set. Em 2021: 01.jul, 26.jul, 07.out. Em 2022: 16.abr, 28.abr, 03.mai, 05.mai, 11.mai, 13.mai, 15.mai, 27.mai, 30.mai, 13.jun, 19.jun, 20.jun, 05.jul, 20.jul, 02.ago.

Tema: Coronavírus, Forças Armadas. Origem: Entrevista

01.ago.2022

“A Argentina, metade da população tá na linha da miséria.”

Ainda que as taxas de carestia na Argentina tenham crescido durante a pandemia de Covid-19, não é verdade que metade da população do país esteja abaixo da linha da pobreza, como afirma o presidente. De acordo com dados do Indec (Instituto Nacional de Estatística e Censos), órgão estatístico do governo argentino, 37,3% da população do país estava abaixo da linha da pobreza no segundo semestre de 2021. A taxa é um pouco inferior à registrada no primeiro semestre daquele ano, que foi de 40,6%, que por sua vez é menor do que a verificada na segunda metade de 2020, de 42%.

FONTE ORIGEM

Tema: Economia. Origem: Outros

01.ago.2022

“Diferente de 2014 e 2015, tinha uma mulher na presidência que não tinha pandemia nenhuma e perdeu-se 3 milhões de empregos no país.”

É falso que o Brasil tenha perdido 3 milhões de empregos formais entre 2014 e 2015, como aponta o presidente. De acordo com dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), o saldo de carteiras assinadas em 2014 e 2015 foi, respectivamente, de +420 mil e -1,54 milhão. Isso significa que, ao longo dos dois anos, foram perdidos 1,1 milhão de empregos formais, e não 3 milhões.

FONTE ORIGEM

REPETIDA 13 VEZES. Em 2022: 02.jun, 05.jun, 19.jun, 23.jun, 26.jun, 05.jul, 12.jul, 20.jul, 25.jul, 28.jul, 01.ago, 02.ago.

Tema: Economia. Origem: Outros

01.ago.2022

“O cara que defende abertamente roubar celular para tomar uma cervejinha.”

Bolsonaro distorce o conteúdo de uma declaração dada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em um discurso em São Bernardo do Campo (SP) em 9 de novembro de 2019. Na ocasião, ao repudiar a violência policial contra menores, Lula disse: "Eu não posso mais ver jovem de 14, 15 anos assaltando e sendo violentado, assassinado pela polícia, às vezes sendo inocente, às vezes porque roubou um celular". Diferentemente do que sugere Bolsonaro, portanto, Lula não tratou o roubo como um "direito" do bandido.

FONTE ORIGEM

REPETIDA 10 VEZES. Em 2019: 12.dez. Em 2021: 15.out, 27.out. Em 2022: 13.jul, 21.jul, 24.jul, 01.ago, 04.ago.

Tema: Ideologia, Segurança. Origem: Outros

01.ago.2022

“Petrobras: roubaram R$ 900 bilhões.”

Bolsonaro afirma que, ao longo de governos petistas, foram roubados R$ 900 bilhões da Petrobras. A cifra é também recorrentemente citada pelo presidente como o valor total do endividamento da estatal entre 2003 e 2015. De qualquer maneira, a alegação é falsa. Segundo as demonstrações financeiras publicadas pela Petrobras, a dívida bruta da companhia em 31 de dezembro de 2015 era de R$ 492,849 bilhões — corrigida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), a cifra ficaria atualmente em R$ 681,4 bilhões. Em 2003, os resultados divulgados pela Petrobras à Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) indicavam um endividamento total de R$ 63,791 bilhões (R$ 176 bilhões, corrigidos) — uma diferença, portanto, de R$ 429,058 bilhões em valores nominais e de R$ 505,4 bilhões se considerada a correção pela inflação. Nos relatórios de gestão da empresa, não há qualquer menção ao fato de esse endividamento ser resultante de desvios de recursos ou escândalos de corrupção.

FONTE ORIGEM

REPETIDA 55 VEZES. Em 2022: 31.jan, 01.fev, 02.fev, 03.fev, 04.fev, 08.fev, 09.fev, 16.fev, 18.fev, 21.fev, 23.fev, 24.fev, 25.fev, 07.mar, 10.mar, 16.mar, 21.mar, 24.mar, 31.mar, 04.abr, 06.abr, 11.abr, 12.abr, 14.abr, 16.abr, 25.abr, 29.abr, 15.mai, 16.mai, 17.mai, 19.mai, 25.mai, 30.mai, 02.jun, 09.jun, 17.jun, 19.jun, 27.jun, 01.jul, 05.jul, 07.jul, 24.jul, 25.jul, 27.jul, 30.jul, 01.ago, 08.ago.

Tema: Economia. Origem: Outros

01.ago.2022

“[Lula] Entregou duas refinarias para a Bolívia.”

É verdade que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) concordou com a nacionalização das refinarias da Petrobras na Bolívia, mas a declaração de Bolsonaro é imprecisa, porque omite que o governo boliviano comprou as instalações do Brasil. Em 2006, o então presidente daquele país, Evo Morales, adotou um amplo programa de nacionalização de empresas estrangeiras que afetou, além da Petrobras, a Repsol, a British Gas, a British Petroleum e a Total. Um acordo entre os dois governos determinou que as duas refinarias seriam vendidas por US$ 112 milhões. Na época, Lula chegou a dizer que a medida boliviana era "um ato de soberania".

LEIA MAIS FONTE ORIGEM

REPETIDA 12 VEZES. Em 2021: 27.ago, 31.ago, 10.nov, 25.nov, 26.nov, 23.dez. Em 2022: 28.jan, 17.mar, 27.jun, 03.jul, 30.jul, 01.ago.

Tema: Relações internacionais. Origem: Outros

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.