Vídeo com mensagem de Maduro para Lula é de 2020, não atual

Compartilhe

É de 2020, não atual, um vídeo em que o ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, saúda o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A gravação foi feita em 27 de outubro daquele ano, quando o petista completou 75 anos. A versão que circula agora nas redes fora de contexto exclui o momento em que o venezuelano manda parabéns a Lula para fazer crer que a mensagem foi enviada em razão das eleições deste ano.

O vídeo editado conta com ao menos 58 mil curtidas no Instagram e 2.202 retuítes no Twitter nesta terça-feira (25).


Selo não é bem assim

Vídeo gravado em 2020 por Maduro tem trecho sobre aniversário de Lula cortado para insinuar que é atual e sobre eleição

Um vídeo gravado em 2020 pelo ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, tem sido compartilhado nas redes com alegação falsa de que é atual e seria uma mensagem de “boa sorte” para Lula (PT) no segundo turno. A gravação foi publicada no perfil oficial do venezuelano no Twitter em 27 de outubro de 2020, quando o petista completou 75 anos.

Os primeiros 35 segundos do vídeo, quando Maduro parabeniza Lula, foram cortados nas postagens. Confira a fala completa dele:

“Parabéns para o companheiro Lula! Em tempo de pandemia, Lula, você chegou aos 75 anos mais vital e atual que nunca. Da Venezuela bolivariana revolucionária em resistência, esta Venezuela que está de pé, Lula, e sorridente te dizemos feliz aniversário. Felicidade para a sua vida. Felicidade por tudo que tem feito pelo Brasil, pela América Latina e pelo Mundo”

As postagens enganosas usam o vídeo a partir dos 36 segundos, quando é citada a palavra Brasil. Esse trecho isolado não permite concluir o intuito da mensagem.

“(...) Brasil e pela América Latina e pelo mundo. Ainda há muito o que fazer, Lula. Temos você como um exemplo, uma referência. E o povo do Brasil vemos como uma grande esperança. Da Venezuela, a Venezuela que você tanto ama, do seu irmão Chavez, a Venezuela bolivariana, felicidades. Que Deus te abençoe, Lula. Um beijo e um abraço da Venezuela”.

Embora Lula tenha manifestado apoio a Nicolás Maduro no passado, Aos Fatos não encontrou mensagens recentes do ditador em apoio ao candidato petista. A última postagem do venezuelano que cita o brasileiro foi feita em novembro de 2021 para mostrar uma foto em que Lula aparece ao lado de Hugo Chávez (1954–2013), que antecedeu Maduro, e de Néstor Kirchner (1950–2010), ex-presidente da Argentina. Recentemente, ao comentar a situação na Venezuela, Lula defendeu a alternância de poder e “eleições mais livres”.

O vídeo editado também foi publicado no Twitter pelo deputado Eduardo Bolsonaro (PL-SP). Procurado por Aos Fatos, o filho do presidente não retornou.

Compartilhe

Leia também

Por um uso ético da IA no jornalismo

Por um uso ético da IA no jornalismo

falsoBolsonaro não admitiu em áudio participação de Flávio em ‘rachadinha’

Bolsonaro não admitiu em áudio participação de Flávio em ‘rachadinha’

falsoFilho de Lula não comprou a Azul Linhas Aéreas

Filho de Lula não comprou a Azul Linhas Aéreas