Lula disse em entrevista ao SBT que 735 milhões de pessoas passam fome no mundo, não no Brasil

Compartilhe

Não é verdade que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse que 735 milhões de pessoas passam fome no Brasil durante uma entrevista ao SBT News na última segunda-feira (11). As publicações que fazem essa alegação descontextualizam a fala do petista: minutos antes, na mesma entrevista, ele já havia afirmado que o número se referia à quantidade de pessoas em todo o mundo que sofrem com a falta de alimento.

As publicações enganosas acumulavam 350 mil visualizações no Youtube e 4.000 curtidas no Instagram até a tarde desta quinta-feira (14).

Leia mais
WHATSAPP Inscreva-se no nosso canal e receba as nossas checagens e reportagens

Selo falso

Máquina de mentir: em entrevista ao SBT, Lula ataca mercado financeiro e inventa dados absurdos novamente, dessa vez dizendo que 735 milhões de pessoas passam fome no Brasil. A população brasileira é de aproximadamente 220 milhões.

Trecho de entrevista de Lula ao SBT circula junto de legenda enganosa que sugere que ele teria mentido sobre a fome no Brasil

Publicações mentem ao afirmar que Lula disse, em entrevista ao SBT News, que 735 milhões de pessoas passam fome no Brasil. Diferentemente do que sugerem as peças de desinformação, o presidente se referia ao número de pessoas em situação de insegurança alimentar grave no mundo, e não só no país.

As publicações recortam um trecho da fala do presidente no minuto 33 da entrevista (veja abaixo). Na ocasião, ele diz: “Será que o mercado não tem pena das pessoas que passam fome? Será que o mercado não tem pena de 735 milhões de pessoas que não têm o que comer?”.

O dado, no entanto, já havia sido citado e corretamente contextualizado por Lula minutos antes na mesma entrevista. Por volta do minuto 10, o presidente diz: “Você veja, nós temos no mundo hoje por volta de 735 milhões de seres humanos que vão dormir toda noite sem ter o que comer. Enquanto isso, o mundo produz alimento para todo mundo”.

O número mencionado pelo presidente consta no relatório Estado da Segurança Alimentar e Nutrição no Mundo, publicado pela ONU (Organização das Nações Unidas) em julho de 2023. Ainda de acordo com o documento, que leva em consideração dados de 2022, 2,3 bilhões de pessoas no planeta sofriam com algum nível de insegurança alimentar — que abarca desde o consumo de alimentos menos nutritivos até a situação em que efetivamente não há o que comer.

Leia mais
Nas Redes Lula não disse que 800 milhões de pessoas passam fome no Brasil
Nas Redes Relatório da ONU sobre fome no Brasil usou dados de 2020 a 2022
HQ O que significam os números da fome no Brasil? Fátima explica

De acordo com o levantamento mais recente do Instituto Fome Zero, divulgado no início desta semana, havia 20 milhões de pessoas em situação de insegurança alimentar grave no Brasil no último trimestre de 2023. O número representa uma redução de cerca de 28,6% em relação ao último trimestre de 2022, quando havia 28 milhões de brasileiros na mesma situação.

Compartilhe

Leia também

falsoFilho de Lula não comprou a Azul Linhas Aéreas

Filho de Lula não comprou a Azul Linhas Aéreas

falsoVídeo é editado para fazer crer que família Bolsonaro apoia pré-candidatura de Pablo Marçal

Vídeo é editado para fazer crer que família Bolsonaro apoia pré-candidatura de Pablo Marçal

falsoPosts usam foto de outra pessoa para sugerir que autor de atentado contra Trump era trans

Posts usam foto de outra pessoa para sugerir que autor de atentado contra Trump era trans