Golpistas inventam programa de distribuição de ceia de Natal para enganar cidadãos

Por Marco Faustino

15 de dezembro de 2023, 17h08

Não é verdade que o governo federal lançou o programa “Ceia para Todos” para distribuir kits para a ceia de Natal a preços populares. As peças de desinformação que fazem essa alegação compartilham links de sites que imitam a identidade visual de veículos jornalísticos e da empresa de alimentos Seara para roubar dinheiro e dados pessoais de usuários.

Publicações com o conteúdo enganoso acumulavam centenas de compartilhamentos no Facebook até a tarde desta sexta-feira (15)


Selo falso

Em setembro de 2023 foi realizado o lançamento do Programa Ceia Para Todos através do gov.br, onde a empresa Seara, conhecida em todo o país, foi a vencedora da licitação premiada para a distribuição de kits com a famosa ‘taxa popular’.

Golpistas têm compartilhado nas redes vídeos que imitam a identidade visual de veículos jornalísticos para fazer crer que o governo federal criou o programa “Ceia para Todos” em parceria com a Seara. A iniciativa de distribuição de alimentos para a ceia de Natal, no entanto, não existe. O boato foi desmentido pela Secom (Secretaria de Comunicação Social), pela Seara e pela CNN Brasil.

Os vídeos falsos, que simulam uma notícia da CNN Brasil, redirecionam ao site programa-ceia-brasil.site, que imita a identidade visual do G1. Nenhum dos dois veículos publicou qualquer notícia sobre o falso programa.

Ao clicar em botão que supostamente permite consultar a elegibilidade ao benefício, o usuário é levado a um chatbot — assistente virtual alimentado por inteligência artificial — que imita a identidade visual da Seara e simula um canal de atendimento ao cidadão. Lá, é solicitado um número de CPF e então o pagamento de uma “taxa popular” no valor de R$ 69,90.

Leia mais
Análise Golpes, desinformação e discurso de ódio: reportagens mostram o estado das redes em 2023
Nas Redes Golpistas inventam programa de distribuição de ceia de Natal para enganar cidadãos

Ao longo das últimas semanas, as redes têm sido tomadas por uma série de golpes que anunciam supostos programas governamentais para roubar dados ou o dinheiro de usuários. Aos Fatos desmentiu, por exemplo, que o Executivo teria criado um projeto para distribuir recursos para a compra de cestas básicas e feito uma parceria com a marca LG para vender aparelhos de ar-condicionado a preços mais baixos.

Referências:

1. Secom
2. Seara
3. CNN Brasil
4. Aos Fatos (Fontes 1 e 2)

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.