Posts manipulam vídeo para fazer crer que Lula prometeu criar ‘poderosa indústria de mentiras’

Compartilhe

É falso que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse em entrevista à CNN Brasil que pretende criar a “mais poderosa indústria de mentiras” para evitar a volta de Jair Bolsonaro (PL) ao poder. Peças de desinformação que circulam nas redes difundem uma versão editada da entrevista concedida pelo petista à emissora no dia 16 de fevereiro. Na versão original da gravação, Lula diz exatamente o oposto: que pretende preparar a população para acreditar na verdade e trabalhar o dobro do que o antecessor.

Versões do vídeo editado acumulam 1,8 milhão de visualizações no TikTok e centenas de compartilhamentos no Facebook nesta segunda-feira (13). O conteúdo também circula no WhatsApp, plataforma na qual não é possível estimar o alcance (fale com a Fátima).


Selo falso

Lula diz a CNN Brasil que Bolsonaro não voltará ao poder porque sociedade brasileira vai ser, esses próximos quatro anos, preparada para acreditar naquilo que é mentira, e porque será feita em quatro anos a mais poderosa indústria de mentiras

Posts difundem trecho editado de entrevista de Lula para alegar que o presidente disse que criará uma indústria de mentiras nos próximos quatro anos

Publicações têm difundido nas redes uma versão editada de uma entrevista concedida por Lula à CNN Brasil, em 16 de fevereiro, para alegar que o presidente teria prometido criar a “mais poderosa indústria de mentiras” para evitar a volta de Jair Bolsonaro à Presidência. Na gravação original, o petista atribui a criação dessa rede de desinformação a seu antecessor e afirma que evitará seu retorno ao poder trabalhando e preparando a população para acreditar na verdade.

Confira abaixo o trecho original:

Lula: E ele [Bolsonaro] construiu uma indústria de mentiras, a mais poderosa indústria de mentiras que eu já vi na vida, sabe? Uma cópia fiel do que foi o Trump nos Estados Unidos, e ele vai voltar mentindo porque ele não sabe contar a verdade.

Daniela Lima: E o senhor não acha que tem… O que o senhor disse para a [jornalista da CNN Christiane] Amanpour? Não tem chance de o Bolsonaro voltar a ser presidente. Por quê?

Lula: Porque eu acho que a sociedade brasileira vai ser, nesses próximos quatro anos, preparada para acreditar naquilo que é verdade, e não acreditar naquilo que é mentira. E por que a sociedade vai perceber que nós vamos fazer em quatro anos o dobro do que ele fez.

Na ocasião, Lula comentou uma declaração dada por ele em entrevista à CNN americana dias antes, em 10 de fevereiro: “Agora vai depender da nossa capacidade de construir a narrativa correta do que ele representou para o Brasil, porque essa extrema-direita está no mundo inteiro”, afirmou à jornalista Christiane Amanpour.

São recorrentes nas redes peças que editam discursos e entrevistas de Lula para desinformar. Nas últimas semanas, Aos Fatos desmentiu que o presidente teria dito que idosos que reclamam do preço dos combustíveis deveriam andar a pé e que 800 milhões de pessoas passariam fome no Brasil.

Referências

  1. CNN Brasil (1 e 2)
  2. Aos Fatos (1 e 2)

Compartilhe

Leia também

Por um uso ético da IA no jornalismo

Por um uso ético da IA no jornalismo

falsoBolsonaro não admitiu em áudio participação de Flávio em ‘rachadinha’

Bolsonaro não admitiu em áudio participação de Flávio em ‘rachadinha’

falsoFilho de Lula não comprou a Azul Linhas Aéreas

Filho de Lula não comprou a Azul Linhas Aéreas