É falso que vídeo mostra manifestação contra Lula na Argentina

Por Priscila Pacheco

14 de dezembro de 2021, 18h12

Não é verdade que um vídeo que circula nas redes sociais mostra uma manifestação recente na Argentina contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) (veja aqui). As imagens exibem um protesto em Buenos Aires neste sábado (11) em repúdio à apresentação obrigatória de comprovante de vacinação de Covid-19 para entrar em locais fechados e eventos, o chamado passaporte da vacina.

Postagens com o vídeo fora de contexto reuniam ao menos 15.860 compartilhamentos no Facebook nesta terça-feira (14). A peça de desinformação também aparece no Instagram.


Selo falso

Um vídeo gravado durante uma manifestação no sábado (11) contra o passaporte da vacina em Buenos Aires, na Argentina, circula em postagens nas redes sociais como se mostrasse um ato em repúdio ao ex-presidente Lula (PT), o que não procede.

Manifestantes ocuparam o centro da capital argentina, perto do Obelisco, em repúdio à exigência de comprovante de vacinação contra Covid-19 para acessar eventos e locais fechados, o que deve entrar em vigor no ano que vem. Segundo nota publicada na versão impressa do jornal Clarín, ao menos mil pessoas participaram da manifestação.

No vídeo que tem sido disseminado com a falsa alegação, é possível ver um cartaz onde se lê “No al pase” (não ao passaporte, em espanhol). Aos Fatos também localizou a mesma gravação publicada no dia 11 no perfil de uma apoiadora da manifestação com as hashtags #NoAlPaseSanitario #obelisco #argentina. As imagens não mostram qualquer referência ao petista.

O ex-presidente Lula esteve na Argentina na semana passada e discursou na sexta (10) em um ato convocado pelo governo de Alberto Fernández na Praça de Maio, no centro de Buenos Aires. No sábado, o petista participou de um encontro com sindicalistas na sede da CGT (Confederação Geral do Trabalho).

Referências:

1. Governo da Argentina
2. Poder 360
3. Perfil de Lula no Twitter


Aos Fatos integra o Third-Party Fact-Checking Partners, o programa
de verificação de fatos da Meta. Veja aqui como funciona a parceria.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.