É falso que Teich disse na CPI da Covid-19 que senadores ‘torcem pelo caos’

Por Priscila Pacheco

10 de maio de 2021, 18h51

Não é verdade que o ex-ministro da saúde Nelson Teich criticou senadores durante seu depoimento à CPI da Covid-19 na quarta-feira (5) ao supostamente dizer que os parlamentares “torcem pelo caos”, como afirmam posts nas redes sociais (veja aqui). Aos Fatos acompanhou a sessão da comissão ao vivo e não identificou a fala, que tampouco consta nas transcrições disponíveis no site do Senado.

Os posts enganosos reuniam ao menos 6.300 compartilhamentos nesta segunda-feira (10) no Facebook e foram marcados com o selo FALSO na ferramenta de verificação da rede social (veja como funciona).


A pauta deveria ser os caminhos para os milhões de desempregados, acabar de vacinar os brasileiros, apoiar os milhões de autônomos. Não sei vocês, mas as perguntas que estou escutando algumas “vossas excelências” são completamente típicas de quem nunca fez nada útil pelo país. Todo mundo virou cientista, especialista e estão fazendo exatamente o que sabem fazer: nada e torcer pelo caos.

Postagens que têm circulado nas redes sociais afirmam que o ex-ministro da Saúde Nelson Teich teria dito, durante seu depoimento à CPI da Covid-19, na última quarta-feira (5), que os senadores “torcem pelo caos” - o que é falso. A frase não consta em nenhum trecho das transcrições oficiais da sessão da comissão disponíveis no site do Senado.

As peças de desinformação também afirmam que, diante dos parlamentares, Teich teria prosseguido com as críticas dizendo que a pauta da investigação deveria focar nos “caminhos para os milhões de desempregados” e em “acabar de vacinar os brasileiros”.

Entre as falsas declarações também estão insultos aos senadores. “Não sei vocês, mas as perguntas que estou escutando de algumas de ‘vossas excelências’ são completamente típicas de quem nunca fez nada útil pelo país. Todo mundo virou cientista, especialista e estão fazendo exatamente o que sabem fazer: nada e torcer pelo caos”.

Em busca na transcrição do depoimento, Aos Fatos identificou que as palavras “desempregados”, “autônomos”, “típicas”, “útil”, “torcer” e “caos”, não foram ditas nenhuma vez por Teich ou por senadores na sessão. Aos Fatos também acompanhou o depoimento de Teich ao vivo para uma checagem de suas declarações, e tampouco registrou a frase.

Referências:

1. Aos Fatos
2. Senado


De acordo com nossos esforços para alcançar mais pessoas com informação verificada, Aos Fatos libera esta reportagem para livre republicação com atribuição de crédito e link para este site.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.