É montagem foto de ucraniana com cartaz 'queríamos que Zelenski fosse Bolsonaro'

Compartilhe

Não é verdade que uma ucraniana segurou um cartaz em uma manifestação na Polônia com a frase “Queríamos que Zelenski fosse Bolsonaro”, como dizem postagens nas redes sociais (veja aqui). Na foto original, registrada no Iraque e publicada em 27 de fevereiro, os termos escritos são “Salve a Ucrânia, pare ‘Putler’”, acrônimo dos sobrenomes do presidente russo, Vladimir Putin, e o do líder nazista Adolf Hitler (1889-1945).

A montagem conta com centenas de compartilhamentos nesta sexta-feira (11).


Selo falso

Ucraniana levanta cartaz em manifestação na Polônia: E pede um BOLSONARO para PRESIDENTE. Enquanto aqui alguns TENTAM tirar e a até TENTAM matá-lo. "QUERÍAMOS QUE O ZELENSKY (presidente da Ucrânia) FOSSE UM BOLSONARO"

Foto com imagem adulterada para citar Bolsonaro

A foto que mostra uma mulher com um cartaz escrito em inglês “Queríamos que Zelenski fosse Bolsonaro” durante uma manifestação pró-Ucrânia é uma montagem. A frase foi inserida digitalmente na imagem original, publicada em 27 de fevereiro no site North Press Agency. O cartaz mostrava, na verdade, a mensagem “Salve a Ucrânia. Pare, Putler”. Putler é a junção dos sobrenomes de Vladimir Putin e de Adolf Hitler. A foto original não está creditada, mas a reportagem é de Suha Kamel.

Imagem original não cita Bolsonaro
Erbil. Reprodução da reportagem da North Press Agency com o protesto

Outra desinformação presente na postagem é a de que o registro foi feito na Polônia. Na verdade, a foto mostra imigrantes ucranianas em frente ao escritório da ONU em Erbil, capital da região autônoma curda do norte do Iraque, em manifestação pelo fim da guerra na Ucrânia. A mulher que segura o cartaz foi entrevistada pela North Press Agencia e não fez qualquer menção ao presidente Jair Bolsonaro (PL).

A imigrante, identificada como Rostislav, critica no vídeo a ação militar russa e diz que não precisa da interferência de Putin na Ucrânia. No vídeo, o cartaz não aparece inteiro, mas é possível observar que está escrito “Save Ukraine” em azul e amarelo. Na montagem que circula nas redes sociais, a citação referente a Bolsonaro e Zelenski foi escrita em preto.

Vídeo do protesto mostra cartaz verdadeiro
Protesto. Vídeo mostra letras do cartaz em azul e amarelo, não em preto, como na montagem


Aos Fatos integra o Third-Party Fact-Checking Partners, o programa
de verificação de fatos da Meta. Veja aqui como funciona a parceria.

Referências

  1. North Press Agency (1 e 2)
  2. Rferl

Compartilhe

Leia também

falsoPosts usam foto de outra pessoa para sugerir que autor de atentado contra Trump era trans

Posts usam foto de outra pessoa para sugerir que autor de atentado contra Trump era trans

Pré-candidato, Marçal oferece prêmio a seguidores e especialistas veem infração eleitoral

Pré-candidato, Marçal oferece prêmio a seguidores e especialistas veem infração eleitoral

Atentado contra Trump aponta riscos de uma moderação enfraquecida nas ‘big techs’

Atentado contra Trump aponta riscos de uma moderação enfraquecida nas ‘big techs’