Vídeo que mostra oração de Bolsonaro é de 2018, não anterior ao JN

Por Luiz Fernando Menezes

23 de agosto de 2022, 15h29

Não é recente nem foi gravado antes da entrevista no Jornal Nacional de segunda-feira (22) o vídeo que mostra o presidente e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL), rezando com apoiadores (veja aqui). As cenas foram gravadas em agosto de 2018, antes do debate entre candidatos à Presidência da República da Band.

O vídeo descontextualizado acumulava, nesta terça-feira (23), ao menos 10 mil compartilhamentos no Facebook e mais de 200 mil visualizações no TikTok.


Selo falso

Vídeo de oração realizada em 2018 circula como se tivesse sido gravado antes da entrevista no JN

Um vídeo no qual Jair Bolsonaro (PL) ora em um círculo, abraçado com apoiadores, antes de entrar no “covil dos ursos” não foi gravado antes da entrevista concedida ao Jornal Nacional na segunda-feira (22) pelo presidente e candidato à reeleição. O registro foi feito em agosto de 2018, momentos antes de Bolsonaro participar de debate entre presidenciáveis realizado pela Band.

Conforme noticiou o Congresso em Foco, o vídeo foi gravado em um hotel em São Paulo e mostra, além de Bolsonaro, o então deputado e hoje candidato a governador do Rio Grande do Sul Onyx Lorenzoni (PL), o então senador Magno Malta (PL-ES), que neste ano busca retomar o mandato no Senado. Também aparecem os filhos do presidente, Eduardo Bolsonaro (PL-SP), deputado federal que concorre à reeleição, e Flávio Bolsonaro (PL-RJ), hoje senador.

Antes da entrevista no Jornal Nacional, Bolsonaro rezou o Pai Nosso ao lado dos ministros Paulo Guedes (Economia), Fábio Faria (Comunicações) e Ciro Nogueira (Casa Civil), entre outros aliados. O Aos Fatos checou em tempo real as declarações do presidente.

A Reuters também desmentiu o vídeo desinformativo.

Referências:

1. Aos Fatos
2. Congresso em Foco
3. Folha de S.Paulo


Aos Fatos integra o Programa de Verificação de Fatos Independente da Meta. Veja aqui como funciona a parceria.

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.