Vídeo é editado para fazer crer que cantor foi agredido após ‘funk do Bolsonaro’

Por Luiz Fernando Menezes

19 de julho de 2022, 15h14

Um vídeo que mostra a plateia de um show atirando copos e garrafas no palco é editado para incluir a música “Funk do Bolsonaro”, paródia de “Baile de Favela” feita por MC Reaça (veja aqui). A gravação original mostra, na verdade, a reação do público no momento em que o artista francês Michaël Youn cantou o hino do Paris Saint-Germain durante um show na cidade de Nice, na França, que tem um time de futebol rival.

O vídeo desinformativo conta com ao menos 25 mil compartilhamentos no Facebook, 10 mil visualizações no TikTok e centenas de interações no Instagram nesta terça-feira (19).


Selo falso

O cara foi cantar a música do bozo e recebeu uma chuva de lata, e ainda ouviu o canto do momento. Se deu mal.

Postagens usam vídeo editado para sugerir que plateia atacou artista que cantou funk bolsonarista

Um vídeo editado tem circulado nas redes sociais para fazer crer que um artista foi agredido com latinhas e garrafas pelo público após cantar o “Funk do Bolsonaro”, uma paródia da música “Baile de Favela” feita pelo MC Reaça.

As imagens foram gravadas em Nice, na França, durante uma apresentação do artista francês Michaël Youn no dia 8 de julho. Na cena que vem sendo compartilhada nas redes, Youn entoava o hino do time de futebol Paris Saint-Germain para provocar o público da cidade, que sedia uma equipe rival, o OGC Nice (veja abaixo).

@mikeruiz75 Michael Youn chante Paris à Nice 😂#psg #nice #fatal #fatalbazooka #michaelyoun #youn #ocgnice #nissa #cotedazur #lakermesse #kermesse #concert #live ♬ son original - Mike Ruiz

Ao contrário do que sugerem as publicações, Youn não foi expulso ou agredido. Conforme explicou um jornal local, o show foi bem recebido e a plateia levou o hino do PSG como uma brincadeira do artista, que foi carregado pelo público ao final da apresentação.

Versões. O vídeo editado circula nas redes sociais em diferentes versões. Algumas delas não identificam o artista, outras dizem que o cantor se chamaria “MC Gado”, que não existe, ou até falam que o homem seria o comediante Sérgio Mallandro.

Essa peça de desinformação também foi desmentida pelo Boatos.org.

Referências:

1. TikTok
2. Nice-matin


Aos Fatos integra o Programa de Verificação de Fatos Independente da Meta. Veja aqui como funciona a parceria.

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.