Vídeo mostra ato antifascista na Alemanha, não manifestação de agricultores contra governo alemão

Por Luiz Fernando Menezes

23 de janeiro de 2024, 15h11

Não é verdade que um vídeo gravado em frente ao Parlamento alemão, em Berlim, mostra uma manifestação de agricultores contra os cortes em subsídios e o aumento de impostos. As imagens, na realidade, registram um ato organizado contra o partido de extrema-direita AfD (Alternativa para a Alemanha), acusado de planejar uma deportação em massa de imigrantes.

O vídeo com o falso contexto acumulava ao menos 8.000 curtidas no Instagram e centenas de compartilhamentos no Facebook até a tarde desta terça-feira (23). A peça de desinformação também tem circulado nas redes estrangeiras.


Selo falso

A rebelião dos agricultores na Alemanha começa a transformar-se em uma revolta ainda maior.

Vídeo mostra milhares de pessoas na frente do Bundestag; legenda diz que seria uma ‘rebelião dos agricultores’

Publicações enganosas têm compartilhado um vídeo de um protesto antifascista realizado em frente ao Parlamento alemão, em Berlim, no último domingo (21) como se fosse uma manifestação organizada por agricultores do país contra o fim de subsídios e benefícios fiscais. O vídeo original foi publicado pelo SPD (Partido Social-Democrata da Alemanha), que governa o país, e mostra um ato contra a sigla de extrema-direita AfD.

Dias antes da manifestação, o site Correctiv publicou uma reportagem que afirmava que membros do AfD teriam se reunido com grupos neonazistas para planejar uma suposta deportação em massa de imigrantes caso a sigla chegasse ao poder. As próximas eleições para o Parlamento alemão ocorrem em fevereiro, e o AfD está em segundo lugar nas pesquisas. A notícia gerou reações e discussões sobre possíveis banimentos e cortes de financiamento do partido.

O ato realizado em Berlim no último sábado, portanto, foi um protesto contra a atuação da sigla e seu suposto plano de deportação. As placas dos manifestantes que aparecem na peça de desinformação mostram, por exemplo, dizeres como “Nazistas, não, obrigado” e “Banir o AfD agora!”.

@spdbt

Danke an alle, die dieses Wochenende für die Demokratie aufstehen Transparenzhinweis: Wir benutzen ein Trending Audio - es ist nicht der Originalsound der Demo in Berlin.

♬ Originalton - NEIN ZUR AFD

Vale ressaltar, no entanto, que o hino antifascista que aparece tanto nas publicações enganosas quanto no registro original foi inserido digitalmente, conforme explicado pelo próprio SPD no vídeo publicado no TikTok. Gravações de outros ângulos e momentos do mesmo ato, no entanto, mostram que foram reproduzidas canções com letras semelhantes.

Um grupo de agricultores alemães tem, de fato, realizado protestos contra o atual governo desde dezembro do ano passado. Os atos foram motivados pela aprovação de um orçamento que cortou subsídios e benefícios agrícolas tradicionais e aumentou os impostos da área. Em vídeos que viralizaram inclusive nas redes brasileiras, usuários têm associado imagens dos atos a um símbolo do patriotismo e da luta contra a esquerda.

Referências:

1. TikTok (@spdbt)
2. Euronews (1 e 2)
3. Correctiv
4. g1 (1 e 2)
5. Al Jazeera
6. Bloomberg

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.