Protesto de mulheres não tentou impedir Bolsonaro de comparecer a eventos em Salvador

Compartilhe

O ato realizado em Salvador na manhã da última sexta-feira (8) não foi organizado pelo PT e não tinha o objetivo de impedir o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) de comparecer a eventos marcados na capital baiana, como afirmam publicações nas redes. Convocada por movimentos sociais e coletivos durante o Dia Internacional da Mulher para protestar contra a violência na Bahia, a manifestação terminou cerca de duas horas antes de Bolsonaro chegar à capital.

O vídeo fora de contexto acumulava dezenas de milhares de visualizações no TikTok e centenas de curtidas no Instagram até a tarde desta quarta-feira (13).

Leia mais
WHATSAPP Inscreva-se no nosso canal e receba as nossas checagens e reportagens

Selo falso

O PT tentou impedir Bolsonaro de chegar aos compromissos em Salvador, não adiantou, Bolsonaro fez sucesso por onde passou. Estamos juntos.

Reportagem do Jornal da Manhã sobre manifestação na avenida Paralela, em Salvador, circula com legenda enganosa

São enganosas as publicações que afirmam que uma manifestação ocorrida em Salvador na última sexta-feira (8), Dia Internacional da Mulher, teria sido organizada pelo PT para tentar impedir Bolsonaro de comparecer a seus compromissos na capital. As peças omitem o real contexto do protesto e que os eventos com a participação do ex-presidente ocorreram horas depois do fim da manifestação:

  • De acordo com relatos da imprensa, mulheres integrantes de coletivos e movimentos sociais realizaram um ato na avenida Paralela na manhã daquela sexta. Elas protestavam contra a violência no estado e seus cartazes citavam assassinatos de mulheres como a indígena Nega Pataxó, morta em janeiro. O protesto terminou por volta das 9h;
  • A chegada de Bolsonaro ao aeroporto da capital baiana ocorreu cerca de duas horas depois. O ex-presidente desembarcou na cidade por volta das 11h e foi recebido por apoiadores;
  • Já o evento do qual Bolsonaro participou, na Igreja Batista Caminho das Árvores, ocorreu no período da tarde;
  • No dia seguinte, às 10h, o ex-presidente e sua mulher também participaram de um encontro do PL Mulher no Centro de Convenções Salvador.

A manifestação citada pelas peças de desinformação foi organizada durante o 13º Acampamento Estadual de Mulheres do Campo e da Cidade, encontro realizado no Parque de Exposições entre os dias 6 e 8. Apesar de a avenida interditada ser caminho para o aeroporto de Salvador, o ponto de paralisação estava a cerca de 4 km de distância do terminal, que ainda podia ser acessado por outras vias (veja abaixo).

Mapa mostra distância entre ponto de interdição da manifestação e aeroporto
Distância. Avenida foi paralisada até as 9h, mas era possível chegar e sair do aeroporto por outras vias (Reprodução/Google Maps)

Compartilhe

Leia também

Ações clandestinas da ‘Abin paralela’ realçam violências reais

Ações clandestinas da ‘Abin paralela’ realçam violências reais

falsoIdosa foi presa por tráfico, não por participar dos atos golpistas do 8 de Janeiro

Idosa foi presa por tráfico, não por participar dos atos golpistas do 8 de Janeiro

falsoLula devolveu 423 presentes recebidos durante mandatos anteriores

Lula devolveu 423 presentes recebidos durante mandatos anteriores