Novo ministro da Justiça erra números da pasta que ocupou e da que agora ocupa

Compartilhe

Depois de tomar posse como ministro da Justiça nesta quarta-feira (31), o ex-ministro da Transparência Torquato Jardim afirmou várias vezes, em entrevista coletiva, que demoraria um tempo para conhecer a estrutura da nova pasta. Segundo ele, o ministério que assume agora é oito vezes maior que o anterior.

Aos Fatos checou essa declaração com base em dados orçamentários e de pessoal vinculado aos ministérios em questão. A reportagem verificou que a afirmação não é verdadeira. Veja abaixo por quê.


FALSO

[A Justiça] é um ministério oito vezes maior que o Ministério da Transparência. Saio de um orçamento de R$ 85 milhões para um de R$ 15 ou R$ 16 bilhões.

De antemão, a fala do ministro já não faz muito sentido: R$ 85 milhões multiplicados oito vezes não resultam em R$ 15 bilhões, mas em R$ 680 milhões.

O Orçamento da União de 2017 prevê para o Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União R$ 985 milhões — R$ 900 milhões a mais do que o ministro afirmou. Quanto ao Ministério da Justiça, o mesmo Orçamento prevê R$ 14,2 bilhões — R$ 800 milhões a menos que o mencionado.

Como a diferença de valores em relação ao Ministério da Transparência se mostrou muito significativa, Aos Fatos foi ainda às bases do Siga Brasil, de acompanhamento orçamentário, para verificar se o ministro poderia estar se referindo a gastos empenhados para este ano — ou mesmo a valores efetivamente pagos. No entanto, a pasta que ocupava já tinha empenhado para 2017 R$ 979 milhões e liquidado R$ 373 milhões.

Para saber se a Justiça é oito vezes maior em termos de pessoal, Aos Fatos também consultou o último Boletim Estatístico de Pessoal e Informações Organizacionais, elaborado pelo Ministério do Planajemaneto. O levantamento aglutina informações de servidores de toda a Esplanada e, em dezembro de 2016, mostrava o Ministério da Justiça com 32.830 servidores na ativa. Já o Ministério da Transparência, ainda sob o nome Controladoria-Geral da União, tinha 2.319 servidores. O cálculo do novo ministro também não se aplica a esse critério.

Selo. O Ministério da Justiça não tem oito vezes o tamanho do Ministério da Transparência, seja o critério por tamanho do orçamento, seja por tamanho de pessoal. Por isso, a declaração recebe o selo de FALSO.

Compartilhe

Leia também

falsoPosts usam foto de outra pessoa para sugerir que autor de atentado contra Trump era trans

Posts usam foto de outra pessoa para sugerir que autor de atentado contra Trump era trans

Pré-candidato, Marçal oferece prêmio a seguidores e especialistas veem infração eleitoral

Pré-candidato, Marçal oferece prêmio a seguidores e especialistas veem infração eleitoral

Atentado contra Trump aponta riscos de uma moderação enfraquecida nas ‘big techs’

Atentado contra Trump aponta riscos de uma moderação enfraquecida nas ‘big techs’