Ítalo Ferreira não disse ao The New York Times que seu maior prêmio seria ver Lula na cadeia

Por Priscila Pacheco

29 de julho de 2021, 17h02

O surfista Ítalo Ferreira, ganhador da medalha de ouro nas Olimpíadas de Tóquio, não disse ao The New York Times que o seu maior prêmio seria ver o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na cadeia, como alegam postagens nas redes sociais (veja aqui). Na entrevista ao jornal americano, o atleta não falou sobre política nem citou o petista. Além disso, sua assessoria de imprensa desmentiu a atribuição da declaração.

Os pedidos de checagem deste conteúdo foram enviados por leitores ao Aos Fatos pelo WhatsApp (Fale com a Fátima). Devido à natureza da plataforma, não é possível estimar o alcance do conteúdo. No Facebook, as postagens reuniam ao menos 6.075 compartilhamentos nesta quinta-feira (29) e receberam selo FALSO na ferramenta de verificação da plataforma (saiba como funciona).


Têm circulado nas redes sociais postagens segundo as quais Ítalo Ferreira, campeão olímpico de surfe nos Jogos de Tóquio, teria dito ao jornal americano The New York Times que o seu maior prêmio seria ver o ex-presidente Lula na cadeia - o que é falso. Além de não haver qualquer registro de declaração semelhante do atleta ao jornal, sua assessoria de imprensa refutou as alegações.

Em uma reportagem publicada na terça-feira (27) pelo The New York Times sobre os medalhistas da competição de surfe, Ferreira afirmou apenas que o dia da disputa havia sido longo, mas que era um sonho que tinha se tornado realidade. O jornal não registrou qualquer outra frase do atleta.

Aos Fatos também não encontrou posicionamentos de Ferreira sobre política ou corrupção em outras entrevistas à imprensa após a competição. Nos perfis oficiais do atleta no Facebook e Instagram também não há citações sobre o tema. No Twitter, o surfista se manifestou sobre corrupção apenas em 17 de janeiro de 2021, quando disse que “matava mais que qualquer vírus”. Já as buscas com os termos “cadeia” e “Lula” não encontraram nenhuma publicação na rede.

Nascido no Rio Grande do Norte, o surfista foi o responsável pela primeira medalha de ouro do Brasil nos Jogos de Tóquio. Na final realizada na terça-feira (27), Ferreira venceu o japonês Kanoa Igarashi.

A desinformação também foi checada pela Agência Lupa, Boatos.org e E-farsas.

Referências:

1. Twitter Ítalo Ferreira (Fontes 1, 2 e 3)
2. Facebook Ítalo Ferreira
3. Instagram Ítalo Ferreira
4. The New York Times (Fontes 1 e 2)
5. Folha de S. Paulo
6. Globo Esporte

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.