🕐 Esta reportagem foi publicada há mais de seis meses

Imagem que mostra Joaquim Barbosa rasgando Constituição é montagem

Por Marco Faustino

10 de março de 2021, 14h06

Não é verdade que Joaquim Barbosa rasgou a Constituição brasileira diante de seus colegas do STF (Supremo Tribunal Federal) quando era ministro da corte, conforme alegam postagens nas redes (veja aqui). A imagem compartilhada é uma montagem feita sobre uma foto de 2009 do então deputado estadual Lula Morais (PC do B - CE) rasgando uma edição da revista Veja. O ato ocorreu em sessão da Assembleia Legislativa do estado do Ceará, e o deputado protestava contra reportagem da revista sobre a cidade de Sobral (CE).

Posts com a montagem somavam ao menos 5.700 compartilhamentos no Facebook nesta quarta-feira (10) e foram marcados como FALSO na ferramenta de checagem da rede social (entenda como funciona).


O ministro Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal, rasgou a Constituição Federal na frente de vários colegas do Supremo

Circula nas redes sociais uma montagem que mostra o ex-ministro do STF Joaquim Barbosa rasgando a Constituição brasileira na frente de colegas da corte. A imagem original é do então deputado estadual Lula Morais destruindo uma edição da revista Veja, durante sessão da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, em 29 de setembro de 2009.

A reportagem, intitulada “Vida brasileira: The United States of Sobral”, falava sobre o município de Sobral, e recebeu críticas dos deputados estaduais sob a alegação de que a matéria teria um tom jocoso e desrespeitoso sobre a cidade, informou o Diário do Nordeste, à época.

O Aos Fatos comparou ambas as imagens e verificou que a foto manipulada possui elementos idênticos à imagem original, como o fundo, o microfone, a vestimenta, além da posição das mãos. Além disso, outros registros da cena foram publicados em blogs e veículos de mídia naquela época (confira aqui e aqui).

Os posts também disseminam supostas frases atribuídas ao ex-ministro Joaquim Barbosa criticando a democracia brasileira. Porém, o Aos Fatos não encontrou qualquer registro oficial das falas por meio de mecanismos de busca ou no site do STF, tampouco há quaisquer frases semelhantes no perfil oficial do ex-ministro no Twitter.

Passagem. Joaquim Barbosa foi ministro do Supremo Tribunal Federal de 2003 até 2014, tendo sido presidente do tribunal de 2012 a 2014.

Esta peça de desinformação também foi checada por Agência Lupa, Boatos.org, E-Farsas e G1.

Referências:

1. Web Archive/Mídia Independente
2. Diário do Nordeste
3. IG
4. Blog do Eliomar
5. STF
6. Twitter
7. Agência Lupa
8. Boatos.org
9. E-Farsas
10. G1

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.