Foto de Witzel almoçando em Angra é anterior à pandemia

Por Luiz Fernando Menezes

26 de maio de 2020, 14h36


Não é verdade que o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), foi flagrado almoçando em Angra dos Reis (RJ) em meio à pandemia do novo coronavírus, como afirmam publicações nas redes sociais (veja aqui). A foto usada nas postagens foi registrada em maio de 2019, quando o político visitou a cidade e participou de uma operação policial.

A imagem fora de contexto tem sido compartilhada desde o fim de semana por perfis pessoais e páginas no Facebook que já reúnem ao menos 50 mil compartilhamentos. Todos foram marcados com o selo FALSO na ferramenta de verificação da rede social (saiba como funciona).


FALSO

A foto que mostra o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, ao lado do prefeito e Angra dos Reis (RJ), Fernando Jordão (MDB), em um restaurante é verdadeira, mas foi registrada no primeiro semestre do ano passado. Aos Fatos não encontrou a publicação original da foto nem sua autoria, mas há postagens nas redes sociais com ela desde maio de 2019.

Foi nesse mês que o governador do Rio de Janeiro visitou a cidade para anunciar o início de operações policiais contra o tráfico e a violência locais. No vídeo do encontro, os dois políticos estão com as mesmas roupas com que aparecem na fotografia no restaurante.

Foi nessa viagem a Angra que Witzel sobrevoou comunidades da cidade junto do Core (Coordenadoria de Recursos Especiais) da Polícia Civil. Do helicóptero em que o governador estava, foram disparados dez tiros em uma lona estendida numa trilha do Monte Campo Belo. A ação fez com que a Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro) denunciasse o governador à OEA (Organização dos Estados Americanos).

Em nota enviada ao Aos Fatos, a assessoria do governador do Rio de Janeiro disse que a fotografia compartilhada foi registrada em maio de 2019 e que “o governador não realizou qualquer viagem desde que foram decretadas as medidas restritivas para o enfrentamento do novo coronavírus no estado”.

Aos Fatos também entrou em contato com a assessoria de Jordão que, por telefone, confirmou que a foto foi registrada no ano passado. Em nota publicada em seu Instagram, o prefeito de Angra dos Reis classificou a publicação como uma “mentira com interesse político que desrespeita quem perdeu familiares ou está sofrendo com parentes e amigos internados”.

Referências:

1. G1
2. O Globo (Fontes 1 e 2)


De acordo com nossos esforços para alcançar mais pessoas com informação verificada, Aos Fatos libera esta reportagem para livre republicação com atribuição de crédito e link para este site.