Vídeo não mostra militantes do Hamas invadindo de parapente festa em Israel

Compartilhe

Não é verdade que um vídeo mostrando diversas pessoas em parapentes registra o momento em que militantes do grupo extremista Hamas invadiram uma festa em Israel no último sábado (7). Por meio de busca reversa, Aos Fatos identificou que as cenas foram gravadas no Cairo, capital do Egito, e circulam nas redes ao menos desde 27 de setembro.

Publicações com o conteúdo enganoso acumulavam mais de 150 mil visualizações no TikTok e centenas de compartilhamentos no Facebook até a tarde desta segunda-feira (9). O conteúdo também circula no WhatsApp, plataforma na qual não é possível estimar o alcance (fale com a Fátima).


Selo falso

Terroristas do Hamas descem de parapente em rave e matam 260 pessoas em Israel.

Vídeo que mostra pessoas de parapente é compartilhado junto de legenda enganosa que afirma que filmagem é um registro de ataque recente do Hamas a Israel

Publicações nas redes têm compartilhado como se fosse um registro de um atentado realizado pelo Hamas a Israel no último sábado (7) um vídeo que mostra dezenas de pessoas voando em parapentes. Aos Fatos identificou que as imagens circulam ao menos desde o dia 27 de setembro deste ano no TikTok e foram gravadas no Cairo, capital do Egito.

@mahmoum_mohamed #تجهيز #حفله #تخرج #دفعة_2023🎓 #الكليه_الحربيه_مصنع_الابطال #😎✌️👨‍✈️ #القوات #الصاعقه #المصريه #قوات #الدفاع #الجوي #فريق #الثلاث #777 #قوات #المظلات #المصريه #القوات #البحريه #المصريه@الكليه الحربيه👮❤️ #لايك_متابعه_اكسبلور ♬ original sound - ﮼الامير🤴🏻

Ao fundo da cena mostrada no vídeo, é possível ver um edifício com a bandeira do Egito hasteada e os dizeres “Academia Militar” inscritos em árabe na fachada. A estrutura é a mesma da Academia Militar do Egito, sediada na capital do país. Em frente ao prédio, também aparece o brasão oficial da instituição.

Imagem mostra semelhanças entre prédio mostrado no vídeo desinformativo e Academia Militar do Egito. São apontados detalhes como a bandeira do Egito hasteada no topo e a inscrição Academia Militar na fachada
Comparação. Montagem mostra semelhanças entre prédio que aparece ao fundo do vídeo compartilhado nas redes (esq.) e Academia Militar do Egito (dir.) (Reprodução)

É fato, no entanto, que o Hamas realizou no sábado (7) um ataque que levou à morte de 260 pessoas que participavam de um festival de música em Israel. A festa acontecia no deserto de Negev, na região sul do país, próxima da Faixa de Gaza.

O grupo extremista — que é tratado como uma organização terrorista pela União Europeia e pelos Estados Unidos — atacou diversos pontos do país ao longo do fim de semana, em uma ofensiva tratada como uma operação de retomada de território. O conflito gerado pelos atentados vitimou cerca de 1.300 pessoas até o momento.

Leia mais
Nas Redes É falso que Lula doou R$ 25 milhões a Hamas via decreto

Na esteira dos ataques, uma série de peças de desinformação estão circulando nas redes. Aos Fatos desmentiu, por exemplo, posts que distorciam o conteúdo de uma lei aprovada em 2010 para alegar que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) teria enviado R$ 25 milhões ao Hamas via decreto.

Esta peça de desinformação também foi checada pela Agência Lupa, no Brasil, e pelo BOOM e pelo The Quint, na Índia.

Compartilhe

Leia também

Um estelionato a cada 16 segundos: por que os golpes digitais crescem no Brasil

Um estelionato a cada 16 segundos: por que os golpes digitais crescem no Brasil

falsoChina não homenageou Palestina em uniforme criado para a Olimpíada de Paris

China não homenageou Palestina em uniforme criado para a Olimpíada de Paris

falsoÉ montagem foto que mostra Kamala Harris ao lado de Jeffrey Epstein

É montagem foto que mostra Kamala Harris ao lado de Jeffrey Epstein