Avião usado por Lula em 2019 não pertencia à XP Investimentos

Por Priscila Pacheco

23 de maio de 2022, 15h03

É falso que a XP Investimentos emprestou um avião a jato para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), como é afirmado em um vídeo que circula nas redes sociais (veja aqui). A aeronave citada foi alugada pelo PT em 2019 e pertencia, na época, às empresas Icon Táxi Aéreo e Brisair Serviços Aeronáuticos. A XP disse que comprou o jato em 2021, e negou que o tenha emprestado ao petista.

As postagens enganosas contam com ao menos 3.570 retweets no Twitter, centenas de compartilhamentos no Facebook e dezenas de interações no TikTok nesta segunda-feira (23).


Selo falso

Vocês sabem de quem é o avião que o Lula viaja pelo Brasil? É da XP Investimentos. Emprestado pela XP Investimentos, a mesma que encomenda as pesquisas de intenção de voto do ladrão de nove dedos.

Postagem com a alegação falsa de que a XP emprestou avião a Lula

O avião a jato que levou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) a São Paulo após deixar a prisão em Curitiba, em novembro de 2019, não foi emprestado pela XP Investimentos. Na época, a aeronave EMB-505, com matrícula PP-HUC, pertencia à Icon Táxi Aéreo e à Brisair Serviços Técnicos Aeronáuticos, e só foi comprada pela XP em 2021.

A Brisair é de propriedade dos apresentadores Luciano Huck e Angélica. Questionado sobre o uso por Lula na época, Huck afirmou que a aeronave foi alugada pela Icon, não emprestada por ele, e afirmou não ter qualquer influência sobre o contrato. No sistema da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), consta que o jatinho foi comprado pela XP Investimentos em setembro de 2021. A empresa afirma que o uso feito por Lula foi anterior à negociação e que nunca emprestou a aeronave para o ex-presidente ou outro político.

A assessoria de Lula também afirma que os aviões utilizados são alugados pelo partido, não emprestados. Atualmente, a operação da aeronave PP-HUC é feita pela Líder Táxi Aéreo.

A falsa denúncia circula nas redes sociais em vídeo que questiona a confiabilidade das pesquisas eleitorais contratadas pela XP e realizadas pelo Ipespe (Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas). A mais recente, divulgada na sexta-feira (20), mostra o ex-presidente Lula (PT) em primeiro lugar na corrida presidencial, com 44% das intenções de voto, seguido do atual chefe do Executivo, Jair Bolsonaro (PL), com 32%.

Referências:

1. G1
2. Estadão
3. Veja
4. Anac
5. Twitter XP Investimentos
6. UOL


Aos Fatos integra o Programa de Verificação de Fatos Independente da Meta. Veja aqui como funciona a parceria.


Esta reportagem foi publicada de acordo com a metodologia anterior do Aos Fatos.

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.