É montagem foto em que Lula aparece ao lado de Domingos Brazão

Compartilhe

Trata-se de uma montagem a foto em que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) aparece ao lado de Domingos Brazão, conselheiro do Tribunal de Contas do Rio de Janeiro e ex-deputado estadual que foi citado em delação como mandante do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL). No registro original, quem aparece ao lado de Lula é o deputado federal Pedro Paulo (PSD-RJ).

Publicações com o conteúdo enganoso acumulavam centenas de curtidas no Instagram nesta quarta-feira (31) e milhares de visualizações no Kwai. As peças enganosas circulam também no Telegram e no WhatsApp, plataforma na qual não é possível estimar o alcance dos conteúdos (fale com a Fátima).


Selo falso

Foto mostra Domingos Brazão ao lado de Lula

Trata-se de montagem a foto difundida por posts em que o presidente Lula aparece ao lado de Domingos Brazão; registro original mostra Lula ao lado do deputado federal Pedro Paulo (PSD-RJ)

É montagem a foto difundida nas redes que mostra o presidente Lula ao lado do conselheiro do Tribunal de Contas do Rio de Janeiro e ex-deputado estadual Domingos Brazão. O registro original foi feito durante um jantar na Gávea Pequena, residência oficial do prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), em fevereiro de 2015, e mostra Lula ao lado do deputado federal Pedro Paulo, então secretário municipal de coordenação de governo da cidade do Rio de Janeiro. Na foto também aparecem os ex-governadores Luiz Fernando Pezão (MDB) e Sérgio Cabral (MDB).

Foto original mostra o presidente Lula ao lado do deputado federal Pedro Paulo (PSD-RJ)
Original. Registro verdadeiro mostra o presidente Lula ao lado do deputado federal Pedro Paulo (PSD-RJ), não de Domingos Brazão (Reprodução)

A foto adulterada circula nas redes para fazer crer que Lula teria envolvimento com Brazão. Segundo reportagem publicada na última terça-feira (29) pelo Intercept Brasil, Ronnie Lessa, preso pelo crime, afirmou em delação ainda não homologada pelo Judiciário que Domingos Brazão foi o “autor intelectual” dos assassinatos da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes em 2018.

Leia mais
WHATSAPP Inscreva-se no nosso canal e receba as nossas checagens e reportagens

Brazão já tinha sido citado pela PF (Polícia Federal) como um dos supostos mandantes e, em setembro de 2019, a então procuradora-geral da República, Raquel Dodge, também indicou indícios de “autoria intelectual”. Brazão nega ligação com o crime.

Leia mais
Nas Redes É de 2019, não atual, vídeo em que Bolsonaro nega relação com assassinato de Marielle Franco

Referências

  1. O Globo
  2. Intercept Brasil
  3. UOL (1, 2 e 3)

Compartilhe

Leia também

Por um uso ético da IA no jornalismo

Por um uso ético da IA no jornalismo

falsoBolsonaro não admitiu em áudio participação de Flávio em ‘rachadinha’

Bolsonaro não admitiu em áudio participação de Flávio em ‘rachadinha’

falsoFilho de Lula não comprou a Azul Linhas Aéreas

Filho de Lula não comprou a Azul Linhas Aéreas