Foto não mostra Domingos Brazão ao lado da mãe de Marielle Franco

Compartilhe

Não é verdade que uma foto que circula nas redes mostra a mãe de Marielle Franco (PSOL-RJ), Marinete da Silva, ao lado do conselheiro do Tribunal de Contas do Rio de Janeiro Domingos Brazão, preso no último domingo (24) como suspeito de ordenar o assassinato da vereadora em 2018. O homem que aparece na imagem à direita de Marinete Silva é Antônio Francisco da Silva Neto, pai de Marielle.

Publicações com o conteúdo enganoso acumulavam centenas de compartilhamentos no Facebook e no X (ex-Twitter) nesta segunda-feira (25).

Leia mais
WHATSAPP Inscreva-se no nosso canal e receba as nossas checagens e reportagens

Selo falso

Uma foto que retrata as profundezas da podridão humana, um reflexo nítido do bolsonarismo. A mãe da Marielle colocada entre [Domingos] Brazão, mandante da morte de sua filha, e Rivaldo Barbosa, chefe da polícia civil nomeado pelo então interventor federal e futuro vice de Bolsonaro, Braga Netto.

O homem que aparece à direita de Marinete da Silva em foto compartilhada nas redes sociais não é Domingos Brazão, e sim Antônio Francisco da Silva Neto, pai de Marielle Franco.

Diferentemente do que alegam posts nas redes, o homem que aparece em foto à direita da mãe de Marielle Franco não é o conselheiro do TCE-RJ (Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro) Domingos Brazão. Trata-se, na realidade, de Antônio Francisco da Silva Neto, pai de Marielle. O registro foi feito em 16 de abril de 2018, durante reunião do então chefe da Polícia Civil do Rio de Janeiro, Rivaldo Barbosa, com familiares da vereadora.

O encontro ocorreu na sede da Polícia Civil do Rio cerca de um mês após o assassinato de Marielle e de seu motorista, Anderson Gomes. Na época, os parentes das vítimas foram informados sobre o andamento das investigações e disseram estar confiantes na equipe que cuidava do caso.

Também estavam presentes na ocasião o então deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL-RJ), que aparece em primeiro plano na foto, Monica Benício, viúva de Marielle, Luyara Franco, filha da vereadora, Agatha Reis, viúva de Anderson Gomes, e Roberto Vilela Junior, cunhado do motorista.

Leia mais
Nas Redes Manifestantes em vídeo acusavam amigo de Bolsonaro, e não de Lula, de ter matado Marielle
Nas Redes É montagem foto em que Lula aparece ao lado de Domingos Brazão
Nas Redes É de 2019, não atual, vídeo em que Bolsonaro nega relação com assassinato de Marielle Franco

A foto começou a circular fora de contexto nas redes no último domingo (24) após a prisão preventiva de Domingos Brazão e de seu irmão, o deputado federal Chiquinho Brazão (sem partido), suspeitos de serem os mandantes do assassinato de Marielle. A polícia também prendeu o delegado Rivaldo Barbosa, suspeito de planejar o crime e atrapalhar as investigações.

Os mandados de prisão foram expedidos pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes após investigação da PF, que assumiu o caso no ano passado. Os desdobramentos ocorreram após a homologação da delação do ex-policial militar Ronnie Lessa, preso desde 2019 e apontado como o possível autor dos disparos que mataram Marielle e Anderson.

Referências

  1. Agência Brasil
  2. g1 (1, 2, 3, 4 e 5)
  3. O Globo
  4. Metrópoles

Compartilhe

Leia também

Por um uso ético da IA no jornalismo

Por um uso ético da IA no jornalismo

falsoBolsonaro não admitiu em áudio participação de Flávio em ‘rachadinha’

Bolsonaro não admitiu em áudio participação de Flávio em ‘rachadinha’

falsoFilho de Lula não comprou a Azul Linhas Aéreas

Filho de Lula não comprou a Azul Linhas Aéreas