Aos Fatos lança base de checagens sobre Covid-19 com verificadores de Brasil e Portugal

5 de maio de 2020, 14h05


Estreia nesta terça-feira (5) o projeto Corona Verificado, uma plataforma em língua portuguesa que compila todas as checagens sobre a pandemia de Covid-19 publicadas por verificadores de fatos em 18 países ibero-americanos. A base é fruto de uma parceria do Aos Fatos com Agência Lupa, Estadão Verifica e as iniciativas de fact-checking de Portugal Observador e Polígrafo.

Primeira plataforma que congrega conteúdo verificado sobre o novo coronavírus em português, o projeto Corona Verificado já nasce com mais de duas mil checagens e informações sobre as medidas adotadas para conter o novo coronavírus pelos governos de 16 países da América Latina, incluindo o Brasil, e de Portugal e Espanha. A base de dados será atualizada diariamente enquanto durar a pandemia.

O conteúdo do Corona Verificado foi traduzido a partir da plataforma LatamChequea Coronavírus, base de checagens lançada em abril em espanhol. Esta, por sua vez, tem como fonte a plataforma da IFCN (International Fact-Checking Network), entidade da qual Aos Fatos é integrante. O material também pode ser acessado pelas hashtags #CoronaVirusFacts e #DatosCoronaVirus nas redes sociais. No Brasil, o projeto Corona Verificado tem apoio do Google News Initiative.

"Quando a desinformação tem o potencial de afetar a vida de milhões de pessoas, é essencial que as plataformas de checagem atuem juntas para impulsionar o alcance de informação verificada. Essa colaboração tem o objetivo de facilitar o compartilhamento de conteúdo que pode salvar vidas", diz Tai Nalon, diretora executiva do Aos Fatos.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.