Poster do agregador

18.abr.2019

“[A reserva Ianomâmi tem] Duas vezes o estado de Israel.”

A área da reserva Yanomami tem cerca de 96 mil km², o que é quase três vezes o tamanho de Israel (22 mil km²). A declaração, portanto, é FALSA.

FONTE ORIGEM

Tema: Indígenas e quilombolas. Origem: Live

Em 1.459 dias como presidente, Bolsonaro deu 6.685 declarações falsas ou distorcidas

Esta base agrega todas as declarações de Bolsonaro feitas a partir do dia de sua posse como presidente. As checagens são feitas pela equipe do Aos Fatos semanalmente.

Atualizado em 30 de Dezembro, 2022


Explore as afirmações

Filtros

Por tema

Por origem

Ordenar por

02.jan.2019

“Não é R$ 1,2 milhão, são R$ 600 mil [movimentados por Fabrício Queiroz, segundo o Coaf].”

Segundo os relatório do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), Fabrício Queiroz movimentou R$ 1,2 milhão em sua conta bancária entre janeiro de 2016 e janeiro de 2017 — R$ 605 mil entraram e R$ 600 mil saíram. A movimentação foi considerada atípica por ser incompatível com sua renda e patrimônio, além da suspeita em relação aos valores: Foram R$ 216 mil por meio de depósitos em dinheiro e R$ 160 mil em transferências vindas, em boa parte, de funcionários da Alerj.

FONTE ORIGEM

Tema: Corrupção. Origem: Entrevista

02.jan.2019

“Dilma Rousseff, em Quito, em 2014, uma das decisões que ela tomou lá era criar no Brasil uma Real Academia de Defesa, pra que todos na América do Sul, inclusive nós do Brasil, passassem por essa academia pra poder então, depois de uma determinada doutrinação e imposições, promover quem bem entendesse ao cargo de general.”

Não há informações de nenhuma Real Academia de Defesa para todos os países da América do Sul no Brasil. O que houve foi a criação da Esude (Escola Sul-Americana de Defesa), em Quito, no Equador, em 2015. O objetivo era ter uma alternativa à antiga Escola das Américas dos Estados Unidos, criada durante a Guerra Fria, e onde os oficiais das Forças Armadas aprendiam técnicas de espionagem. A Esude é encabeçada pelo brasileiro Antonio Jorge da Rocha, professor da UnB, e foi concebida como uma espécie de núcleo de coordenação de atividades que as escolas de altos estudos dos ministérios de defesa dos 12 países queiram realizar em conjunto. Rocha, por e-mail, negou que a escola promova qualquer tipo de doutrinação.

LEIA MAIS FONTE ORIGEM

Tema: Ideologia. Origem: Entrevista

02.jan.2019

“E as primeiras medidas [no Acordo de Paris] contra você são políticas, depois econômicas e depois talvez de força.”

O Acordo de Paris não prevê punições para quem não respeitar seus termos. A cada cinco anos, as nações signatárias devem apresentar um plano nacional mostrando sua contribuição para a luta contra o aquecimento global, mas não cumprir suas metas não significa que haverá algum tipo de sanção.

LEIA MAIS FONTE ORIGEM

Tema: Meio ambiente, Relações internacionais. Origem: Entrevista

02.jan.2019

“Varia de R$ 70 a R$ 200 e pouco [o Bolsa Família].”

O valor mínimo do Bolsa família é de R$ 89,00, podendo chegar ao máximo de R$ 372,00, segundo informções da Caixa.O programa Bolsa Família havia beneficiado, naquele mês, 14.142.764 famílias, que receberam benefícios com valor médio de R$ 186,78, segundo dados de dezembro de 2018 do Ministério de Desenvolvimento Social, .

FONTE ORIGEM

Tema: Direitos e Assistência Social. Origem: Entrevista

02.jan.2019

“Grande parte dos evangélicos são favoráveis à mudança da capital [de Israel].”

Não há estudos ou pesquisas que confirmem que a maioria dos evangélicos são favoráveis à mudança, mas é consenso entre especialistas que a transferência é uma demanda de lideranças evangélicas que entendem que o reconhecimento de Jerusalém como capital de Israel atende a preceitos bíblicos. O pastor Silas Malafaia, por exemplo, líder do ministério Vitória em Cristo, ligado à Assembleia de Deus, já disse que Bolsonaro perderá crédito entre seus apoiadores evangélicos se voltar atrás da decisão. E a bancada evangélica tem peso no eleitorado que conduziu Bolsonaro ao Palácio do Planalto e representação crescente no Congresso: são 84 deputados e sete senadores.

FONTE ORIGEM

Tema: Relações internacionais. Origem: Entrevista

02.jan.2019

“Temos 14 milhões de desempregados.”

Na época da declaração, a última Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) publicada era a de novembro de 2018, que trouxe que 12,2 milhões de pessoas estavam desocupadas naquele mês. A taxa de desocupação naquela época era de 11,6%. Um mês depois, o IBGE publicou a Pnad Contínua de dezembro de 2018. A nova pesquisa trouxe que a desocupação atingia 12,19 milhões de pessoas. A taxa permaneceu em 11,6%.

FONTE ORIGEM

Tema: Economia. Origem: Entrevista

02.jan.2019

“A molecada de 15 anos, 70% não sabe uma regra de três simples, quem dirá uma composta. Não sabe interpretar texto. ”

Na avaliação mais recente do Pisa (Programa Internacional de Avaliação dos Estudantes), de 2015, 17,18% dos estudantes brasileiros tinham habilidades do nível 2 de matemática, que corresponde à capacidade de “empregar algoritmos, fórmulas, procedimentos ou convenções básicos para resolver problemas que envolvem números inteiros" e compreende as regras de três. O número citado por Bolsonaro é daqueles que têm um conhecimento em matemática que os impede de “exercer plenamente sua cidadania”, o nível 1, classificação utilizada pela OCDE que significa ter a capacidade de “identificar informações e executar procedimentos rotineiros de acordo com instruções diretas em situações claras” e “ações óbvias”. Já no caso da interpretação de texto, para o Pisa, a proficiência em leitura significa compreender, usar e refletir sobre os textos para desenvolver conhecimento e potencial para participar da sociedade. Entre os alunos brasileiros, 51% deles estão abaixo do nível 2 em leitura, patamar que a OCDE estabelece como necessário para que o estudante consiga exercer plenamente sua cidadania.

FONTE ORIGEM

Tema: Educação. Origem: Entrevista

02.jan.2019

“[Furnas aprovou patrocínio de] R$ 200 mil para que faça duas corridas em comunidades pacificadas, uma delas a do Borel.”

É verdade que a Furnas Centrais Elétricos aprovou o patrocínio ao projeto De Braços Abertos, que contempla a realização de duas corridas de rua: Vidigal de Braços Abertos e Borel De Braços Abertos. O patrocínio, no entanto, se deu via Lei de Incentivo ao Esporte, e não via Lei Rouanet. O valor total do projeto é de R$ 730,2 mil reais, mas o valor de patrocínio solicitado foi de R$ 200 mil reais. O montante envolve as despesas com uniformes, capacitação, serviços operacionais e materiais e premiação. O projeto foi aprovado em novembro de 2018 e deve acontecer em 2019.

FONTE ORIGEM

Tema: Cultura. Origem: Entrevista

02.jan.2019

“O Lula disse, quando presidente, que na Venezuela podia faltar tudo, menos democracia.”

Não foi exatamente essa a declaração do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Na verdade, em 2004, quando o país era governado por Hugo Chávez, o petista defendeu a democracia venezuela afirmando: "Podem criticar o Chávez por qualquer outra coisa. Inventem uma coisa para criticar o Chávez. Agora por falta de democracia na Venezuela não é." Bolsonaro provavelmente fez confusão com um vídeo que já foi usado outras vezes para a criação de notícias falsas. No vídeo em que Lula destaca a importância da filiação de jovens ao PT, o ex-presidente diz: "Eu penso que as pessoas devem se filiar ao PT primeiro porque o PT precisa convencer as pessoas de que não existe saída para o Brasil e para qualquer país do mundo fora da política. O PT tem que ser o partido que enfrenta essa discussão, sabe, contra a negação da política. Fora da política, nós teremos fascismo, nazismo, qualquer outra coisa, menos democracia."O vídeo já foi editado em uma notícia falsa, desbancada pelo Fato ou Fake, que dizia que Lula "queria sugerir ao partido qualquer coisa, menos democracia."

LEIA MAIS FONTE ORIGEM

REPETIDA 10 VEZES. Em 2019: 02.jan. Em 2020: 16.jan. Em 2021: 02.set, 30.set, 21.out, 26.out, 25.nov, 02.dez. Em 2022: 12.jan, 16.out.

Tema: Ideologia, Relações internacionais. Origem: Entrevista

02.jan.2019

“No Brasil, muita gente queria um regime semelhante ao que tem em Cuba.”

A última pesquisa realizada sobre o tema foi em 2000, há quase 20 anos, pelo Ibope. À época, cerca de 50% dos entrevistados achava que o socialismo, regime implantado em Cuba, deveria ser implantado no Brasil. Mas havia uma questão importante: segundo pesquisa qualitativa realizada pelo CEPAC - Pesquisa e Comunicação, os brasileiros não interpretavam o termo socialismo como uma doutrina relacionada com o Marxismo ou com suas lideranças, mas como "amizade", "comunhão", "partilha", "respeito", "solidariedade" e "justiça". Ainda conforme o levantamento, "revolução socialista" era entendida como uma "mudança social", "ampliação das oportunidades de emprego", "diminuição da corrupção" — ou seja, não remetia a significados ideológicos. Como a pesquisa é datada e os brasileiros não compreendem o real significado ideológico, político e econômico de um regime socialista, a declaração de Bolsonaro foi considerada IMPRECISA.

FONTE ORIGEM

Tema: Ideologia, Relações internacionais. Origem: Entrevista

02.jan.2019

“O período pré-1964 também [tinha risco do Brasil se tornar socialista].”

Não havia riscos de o Brasil se tornar um país comunista no período pré-1964. Os partidos de esquerda que foram extintos durante a ditadura de Vargas ainda estavam se restruturando e não havia um movimento comunista organizado com capilaridade para depor o governo, segundo o historiador John W. F. Dulles. O golpe civil-militar de abril de 1964 foi resultado de um período de grande instabilidade econômica e política, como destacam os historiadores Ângela Gomes e Jorge Ferreira, no livro 1964: o golpe que derrubou um presidente. O presidente João Goulart assumiu inicialmente como chefe dentro de um regime parlamentarista e, só em 1963, se tornou presidente com plenos poderes. Goulart teve dificuldades de negociar com os partidos políticos, de controlar a economia (e, mesmo assim, abandona o plano de austeridade do governo) e de gerenciar a crise entre baixa e alta patente no Exército. Revoltas de militares, a tentativa fracassada de instaurar estado de sítio e manifestações de ruas aumentaram a instabilidade do governo. Além disso, para a maior parte dos apoiadores do golpe, a ascensão dos militares ao poder duraria pouco mais de um ano. Eleito indiretamente, o presidente Castelo Branco no discurso de posse se comprometeu em entregar a faixa presidencial em 1º de janeiro de 1966 ao novo presidente eleito por voto direto. Castelo Branco descumpriu a promessa, fechou o Congresso Nacional e o regime militar no Brasil durou 21 anos.

FONTE ORIGEM

Tema: Ideologia. Origem: Entrevista

02.jan.2019

“Lei Rouanet: Em Furnas, no Rio de Janeiro, no dia 12 de janeiro, 21 processos foram assinados.”

No dia 21 de dezembro de 2018, foram aprovados pela Furnas Centrais Elétricos o patrocínio de projetos para 16 instituições no valor de R$ 5,6 milhões via Lei Rouanet. Agora, se forem contabilizados também os seis projetos aprovados via Lei de Incentivo ao Esporte, o valor é de R$ 7,2 milhões e as instituições são 22.

FONTE ORIGEM

Tema: Cultura. Origem: Entrevista

02.jan.2019

“Tivemos risco [de o Brasil se tornar um país socialista] desde 1922. ”

Em 1922, foi o ano da criação do Partido Comunista do Brasil, mas a legenda não tinha estrutura nem força para representar qualquer ameaça ao regime republicano. O PCB tinha poucos membros à época de sua criação e ainda enfrentava disputas internas entre ex-anarquistas e comunistas, como explica o historiador John W.F. Dulles, no livro Anarquistas e Comunistas no Brasil (1900-1935). Além disso, o partido ficou apenas três meses na legalidade, de março a julho de 1922. O partido voltou à legalidade em 1927 e elegeu dois vereadores e um deputado nas eleições de 1930. Um evento ainda mais marcante de 1922 foi o levante do Forte de Copacabana, também conhecido como 18 do Forte. O movimento de membros das Forças Armadas não se identificava como comunista e foi motivado pela insatisfação com o revezamento de oligarquias paulistas e mineiras na Presidência e por denúncias de fraudes nas eleições de 1922, segundo o jornalista Pedro Dória no livro Tenentes. O levante pretendia depor o presidente Artur Bernardes, mas sem muita organização, nem liderança, não conseguiu impedir a posse do novo presidente.

FONTE ORIGEM

Tema: Ideologia. Origem: Entrevista

02.jan.2019

“Alguém ganha R$ 1 mil por mês, o patrão está gastando, na verdade, R$ 2 mil.”

Segundo pesquisa divulgada pela rede internacional de Contabilidade e Consultoria UHY em 2016, ao contratar um profissional a US$ 30 mil por ano, uma empresa brasileira paga mais 71,4% em encargos e direitos trabalhistas em média. No mundo, esse percentual médio gira em torno de 20,5%. Como os encargos e direitos não chegam a 100%, a declaração recebeu o selo de EXAGERADA.

FONTE ORIGEM

Tema: Direitos e Assistência Social. Origem: Entrevista

02.jan.2019

“Dos 5 procuradores do Ministério Público que entraram em ação contra ele [Luciano Hang], 3 tinham lá em suas mídias sociais o 'Ele Não'.”

Para se defender da denúncia de assédio moral apresentada pelo Ministério Público (por interferir nos votos dos trabalhadores), o dono da rede de lojas de departamentos Havan, Luciano Hang, alegou perseguição política. Ele usou para isso um parecer elaborado por um perito em crimes digitais. O documento mostrava que, cinco dos sete responsáveis pelo ajuizamento da ação, possuem algum grau de militância virtual a favor da “agenda esquerdista”, mas, em nenhum momento, indica que qualquer um dos procuradores tenha feito postagens mencionando "Ele não", hashtag usada por opositores ao então presidenciável Bolsonaro. Apenas um dos procuradores mencionados curtiu no Twitter um postagem crítica a Bolsonaro e nenhum dos procuradores postou conteúdo contra Bolsonaro. A maior parte das atividades consideradas "militância virtual de esquerda" eram curtidas a páginas de políticos de esquerda, sites de esquerda ou de personalidades criticas à Bolsonaro, como o jornalista Ricardo Noblat. Uma das procuradoras era signatária de um “manifesto contra o golpe”, que circulou durante o impeachment de Dilma Roussef. Em outubro de 2018, a Justiça do Trabalho determinou que o dono da Havan divulgasse um vídeo afirmando que seus funcionários são livres para votar no candidato que desejarem. Em setembro, Hang fez um vídeo afirmando que demitiria todos os funcionários caso Jair Bolsonaro (PSL) não seja eleito.

FONTE ORIGEM

Tema: Ideologia, Justiça. Origem: Entrevista

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.