Poster do agregador

16.mai.2022

“Eu não tive o poder de administrar a pandemia. O Supremo deu poder para governadores e prefeitos.”

Bolsonaro repete o argumento de que o STF (Supremo Tribunal Federal) teria limitado a sua atuação durante a pandemia de Covid-19, o que é FALSO, porque a corte não eximiu a Presidência da República de atuar contra a disseminação da doença. O STF decidiu, na verdade, que prefeitos e governadores têm legitimidade para tomar medidas locais de restrição de circulação e que não cabe ao Poder Executivo Federal derrubar essas iniciativas. Segundo os ministros, o governo federal pode, sim, adotar medidas para conter a pandemia em casos de abrangência nacional, como fez ao determinar o fechamento de fronteiras terrestres. Ainda de acordo com o STF, seria função da Presidência, por exemplo, coordenar as diretrizes de isolamento a serem seguidas em todo o país. Os estados, por sua vez, não teriam legitimidade para fechar rodovias, prejudicando o abastecimento nacional. Em um dos julgamentos, o ministro Edson Fachin destacou que a ausência de legislação por parte do governo federal também obriga que os estados atuem localmente: "A União exerce a sua prerrogativa sempre, desde que veicule uma norma que organize essa cooperação federativa. No silêncio da legislação federal, estados e municípios têm presunção de atuação. Na ausência de manifestação legislativa, não se pode tolher o exercício da competência dos demais entes federativos".

FONTE ORIGEM

REPETIDA 139 VEZES. Em 2020: 09.abr, 11.abr, 16.abr, 18.abr, 29.abr, 30.abr, 02.mai, 07.mai, 14.mai, 19.mai, 20.mai, 21.mai, 22.mai, 26.mai, 28.mai, 02.jun, 03.jun, 04.jun, 08.jun, 09.jun, 11.jun, 15.jun, 18.jun, 19.jun, 25.jun, 07.jul, 09.jul, 16.jul, 18.jul, 06.ago, 13.ago, 24.ago, 25.ago, 03.set, 16.set, 22.set, 24.set, 09.out, 19.out, 09.nov, 10.dez, 19.dez, 24.dez, 31.dez. Em 2021: 07.jan, 14.jan, 15.jan, 21.jan, 04.fev, 02.mar, 03.mar, 04.mar, 10.mar, 21.jul, 22.jul, 28.jul, 29.jul, 02.ago, 04.ago, 05.set, 15.set, 27.set, 09.out, 14.out, 31.out, 23.nov, 25.nov, 26.nov, 02.dez, 07.dez, 08.dez, 11.dez, 19.dez. Em 2022: 12.jan, 14.jan, 31.jan, 02.fev, 08.fev, 09.fev, 11.fev, 25.fev, 17.mar, 21.mar, 12.abr, 28.abr, 13.mai, 16.mai, 19.mai, 29.jun, 05.jul, 20.jul, 24.jul, 30.jul, 08.ago, 03.set.

Tema: Coronavírus, Justiça. Origem: Discurso

Em 1.407 dias como presidente, Bolsonaro deu 6.673 declarações falsas ou distorcidas

Esta base agrega todas as declarações de Bolsonaro feitas a partir do dia de sua posse como presidente. As checagens são feitas pela equipe do Aos Fatos semanalmente.

Atualizado em 08 de Novembro, 2022


Explore as afirmações

Filtros

Por tema

Por origem

Ordenar por

06.fev.2020

“Asfaltamos a [BR] 163.”

Bolsonaro omite que assumiu o governo quando o asfaltamento da rodovia BR-163 já estava em grande parte concluído e, por isso, a declaração é IMPRECISA. Conforme consta em atualização do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes) sobre a obra, em outubro de 2018, 654 km dos 710 km da rodovia já estavam pavimentados.

LEIA MAIS FONTE ORIGEM

REPETIDA 2 VEZES. Em 2019: 12.mai. Em 2020: 06.fev.

Tema: Infraestrutura. Origem: Entrevista

06.fev.2020

“Eu falei que uma pessoa com HIV, nós devemos ajudar as pessoas, a tratar, é prejuízo para todo mundo.”

Um dia após afirmar que uma pessoa com HIV “é uma despesa para todos”, o presidente argumenta que o que teria dito é que “nós devemos ajudar” soropositivos. No entanto, em sua fala na véspera, Bolsonaro não citou ajuda ou tratamento para essa população, por isso a declaração foi classificada como FALSA. Ao ser questionado no dia 5 de fevereiro sobre políticas para mulheres, ele, na verdade, disse: "Quando ela [Damares Alves] fala em abstinência sexual, esculhambam ela. Eu tenho uma filha de nove anos, você acha que eu quero minha filha grávida no ano que vem? Não tem cabimento isso aí. Essa é a campanha que ela faz. O próprio Alexandre Garcia, que eu ouço sempre seus comentários diários, ele fala que a esposa dele, que é obstetra, atendeu uma mulher que começou com o primeiro filho com 12 anos de idade, outro com 15, e o terceiro, que a esposa dele atendeu, o terceiro filho ela já estava com HIV. A gente quer ajudar a combater. Uma pessoa com HIV, além do problema sério para ela, é uma despesa para todos aqui no Brasil".

FONTE ORIGEM

Tema: Saúde. Origem: Entrevista

06.fev.2020

“Nós conversamos com o mundo todo. Sem o viés ideológico.”

A declaração do presidente é IMPRECISA. Apesar de ter mantido a aproximação com a China e ampliado acordos com o país comunista, o governo Bolsonaro rompeu uma tradição de 27 anos ao deixar de condenar o embargo econômico dos EUA a Cuba. Além disso, o presidente mostrou atitudes diferentes em situações de discordâncias com países. Quando o presidente norte-americano Donald Trump, alinhado ao governo Bolsonaro, anunciou que aumentaria o imposto para importação do minério de ferro brasileiro acusando o país de manipular o câmbio, em dezembro de 2019, Bolsonaro defendeu o diálogo e afirmou, na época, que telefonaria para Trump. Já nos embates com a União Europeia, na esteira da crise das queimadas da Amazônia, e com a Argentina, devido à eleição de Alberto Fernández, Bolsonaro adotou um tom mais duro, ameaçou fazer mudanças nas relações comerciais, mas nenhuma sanção ou rearranjo foi concretizado. Com relação à China, o presidente superou as críticas ao país, principal parceiro comercial do Brasil e firmou uma série de acordos nas áreas de inovação, agricultura e transporte.

LEIA MAIS FONTE ORIGEM

REPETIDA 3 VEZES. Em 2020: 27.jan, 03.fev, 06.fev.

Tema: Ideologia, Relações internacionais. Origem: Live

06.fev.2020

“Nos Estados Unidos o cara não tem direito a nada, só ao emprego dele.”

A declaração de Bolsonaro é FALSA, porque há direitos trabalhistas nos EUA. A maior parte deles é estipulada pela Federal Fair Labor Standards Act, de 1938. De acordo com o texto, trabalhadores devem ter um salário mínimo de US$ 7,25 por hora; jornada de 40 horas semanais, com direito a horas extras; ao menos 24 horas consecutivas de descanso; férias remuneradas; licenças médicas e de maternidade. Também é necessário que o empregador forneça equipamentos e estrutura que garantam a segurança no trabalho.

FONTE ORIGEM

Tema: Direitos e Assistência Social. Origem: Live

06.fev.2020

“O Brasil tá em último ou penúltimo [no Pisa], no mundo todo.”

Bolsonaro volta a repetir uma informação FALSA sobre a posição do Brasil no Pisa (Programa Internacional de Avaliação de Estudantes). Na verdade, entre os 79 países participantes, o Brasil obteve a 58ª-60ª posição em Leitura (considerando a margem de erro da média de pontos), a 72ª-74ª colocação em Matemática e a 66ª-68ª posição em Ciências. Em nenhuma das áreas, portanto, o Brasil ficou na última posição.

LEIA MAIS FONTE ORIGEM

REPETIDA 39 VEZES. Em 2020: 23.jan, 03.fev, 05.fev, 06.fev, 13.fev, 09.mar, 24.abr, 20.mai, 22.mai, 23.mai, 07.jul, 14.ago, 13.nov, 16.nov. Em 2021: 06.jan, 28.jul, 01.out, 11.out, 15.out, 25.out, 27.out, 09.nov, 10.nov, 22.nov, 23.nov. Em 2022: 12.jan, 11.fev, 16.mar, 31.mar, 02.jun, 18.jun, 20.jun, 28.jun, 20.jul, 01.set, 13.set, 26.out.

Tema: Educação. Origem: Entrevista

05.fev.2020

“Não temos mais um C130 a nossa disposição. A nossa Força Aérea chegou a esse ponto.”

A declaração é FALSA. Segundo o portal da Força Aérea Brasileira, o país recebeu 29 aeronaves de diferentes modelos do C-130 desde a década de 60. Parte da frota ainda está em operação e foi usada, inclusive, no combate aos incêndios na Amazônia no segundo semestre de 2019. Em abril do ano passado, dois C-130 também foram enviados pelo Brasil missão de ajuda humanitária a Moçambique.

FONTE ORIGEM

REPETIDA 4 VEZES. Em 2020: 05.fev, 06.fev.

Tema: Forças Armadas. Origem: Discurso

05.fev.2020

“Não temos [nas Forças Armadas] um avião cargueiro C-130 para buscar lá.”

De acordo com o presidente, o Brasil não teria uma aeronave C-130 para trazer os brasileiros que ficaram isolados em Wuhan, na China, em razão da epidemia do coronavírus. A declaração, no entanto, é FALSA. Segundo o portal da Força Aérea Brasileira, o país recebeu 29 aeronaves de diferentes modelos do C-130 desde a década de 60. Parte da frota ainda está em operação e foi usada, inclusive, no combate aos incêndios na Amazônia no segundo semestre de 2019. Em abril do ano passado, dois C-130 também foram enviados pelo Brasil missão de ajuda humanitária a Moçambique.

FONTE ORIGEM

REPETIDA 4 VEZES. Em 2020: 05.fev, 06.fev.

Tema: Coronavírus, Forças Armadas. Origem: Entrevista

05.fev.2020

“Você [Tereza Cristina] não tinha muita influência política dentro da Câmara.”

Reeleita deputada federal em 2018 pelo DEM, Tereza Cristina comandava a Frente Parlamentar da Agropecuária — mais conhecida como bancada ruralista — antes de aceitar o convite para integrar o governo do presidente Jair Bolsonaro. Composta até então por mais de 200 parlamentares, a bancada era uma das mais coesas e influentes do Congresso. Em 2017, quando fazia parte do PSB, Tereza Cristina também foi escolhida a líder do partido na Câmara. Portanto, é FALSA a informação de que ela não tinha influência política dentro da Casa.

FONTE ORIGEM

Tema: Congresso. Origem: Discurso

05.fev.2020

“A Educação chegou a um nível tal, que não pode ser ultrapassada por ninguém, porque está em último lugar. Obviamente, levando-se em conta a última prova do Pisa, realizado no início de 2018.”

Não é verdade que o Brasil ocupe a última colocação no ranking do Pisa (Programa Internacional de Avaliação de Estudantes). Na verdade, entre os 79 países participantes, o Brasil obteve a 58ª-60ª posição em Leitura (considerando a margem de erro da média de pontos), a 72ª-74ª colocação em Matemática e a 66ª-68ª posição em Ciências. Por isso, a declaração foi classificada como FALSA.

LEIA MAIS FONTE ORIGEM

REPETIDA 39 VEZES. Em 2020: 23.jan, 03.fev, 05.fev, 06.fev, 13.fev, 09.mar, 24.abr, 20.mai, 22.mai, 23.mai, 07.jul, 14.ago, 13.nov, 16.nov. Em 2021: 06.jan, 28.jul, 01.out, 11.out, 15.out, 25.out, 27.out, 09.nov, 10.nov, 22.nov, 23.nov. Em 2022: 12.jan, 11.fev, 16.mar, 31.mar, 02.jun, 18.jun, 20.jun, 28.jun, 20.jul, 01.set, 13.set, 26.out.

Tema: Educação. Origem: Discurso

03.fev.2020

“O viés ideológico deixou de existir em nossas relações com o exterior.”

A declaração do presidente é IMPRECISA. Apesar de ter mantido a aproximação com a China e ampliado acordos com o país comunista, o governo Bolsonaro rompeu uma tradição de 27 anos ao deixar de condenar o embargo econômico dos EUA a Cuba. Além disso, o presidente mostrou atitudes diferentes em situações de discordâncias com países. Quando o presidente norte-americano Donald Trump, alinhado ao governo Bolsonaro, anunciou que aumentaria o imposto para importação do minério de ferro brasileiro acusando o país de manipular o câmbio, em dezembro de 2019, Bolsonaro defendeu o diálogo e afirmou, na época, que telefonaria para Trump. Já nos embates com a União Europeia, na esteira da crise das queimadas da Amazônia, e com a Argentina, devido à eleição de Alberto Fernández, Bolsonaro adotou um tom mais duro, ameaçou fazer mudanças nas relações comerciais, mas nenhuma sanção ou rearranjo foi concretizado. Com relação à China, o presidente superou as críticas ao país, principal parceiro comercial do Brasil e firmou uma série de acordos nas áreas de inovação, agricultura e transporte.

LEIA MAIS FONTE ORIGEM

REPETIDA 3 VEZES. Em 2020: 27.jan, 03.fev, 06.fev.

Tema: Ideologia, Relações internacionais. Origem: Discurso

03.fev.2020

“Eu não tenho nada a ver com milícia.”

A bancada do Psol na Câmara de fato foi contrária a um trecho do Pacote Anticrime (PL nº 882/2019), mas o texto reduzia a pena prevista para a formação de milícias, que é criminalizada desde 2012. Na proposta original de Moro, essas organizações deixariam de ser enquadradas no artigo 288-A do Código Penal (pena de 4 a 8 anos) e passariam a ser punidas pela Lei das Organizações Criminosas (lei nº 12.850/2013, pena de 3 a 8 anos). Ou seja, a mudança na prática reduziria em um ano a pena mínima para milicianos. O trecho em questão acabou fora do texto final da lei. O deputado Marcelo Freixo (PSOL-RJ), em seu Twitter, justificou a oposição ao PL dizendo que "as milícias só foram citadas uma única vez no pacote pelo Moro, E PARA REDUZIR A PENA MÍNIMA DOS MILICIANOS. Quem corrigiu essa aberração, impedindo esse benefício ao crime, fomos eu e os demais deputados que não têm rabo preso". A declaração, portanto, é FALSA.

FONTE ORIGEM

Tema: Corrupção. Origem: Entrevista

03.fev.2020

“O Brasil chegou numa situação na educação que não pode ser ultrapassada por mais ninguém, porque já estamos no último lugar [no Pisa]”

Apesar de estar entre os piores colocados, não é verdade que o Brasil ocupe o último lugar no ranking do Pisa (Programa Internacional de Avaliação de Estudantes). No exame mais recente, de 2018, do qual participaram 79 países, o Brasil obteve a 58ª-60ª posição em Leitura (considerando a margem de erro da média de pontos), a 72ª-74ª colocação em Matemática e a 66ª-68ª posição em Ciências. Por isso, a declaração foi classificada como FALSA.

LEIA MAIS FONTE ORIGEM

REPETIDA 39 VEZES. Em 2020: 23.jan, 03.fev, 05.fev, 06.fev, 13.fev, 09.mar, 24.abr, 20.mai, 22.mai, 23.mai, 07.jul, 14.ago, 13.nov, 16.nov. Em 2021: 06.jan, 28.jul, 01.out, 11.out, 15.out, 25.out, 27.out, 09.nov, 10.nov, 22.nov, 23.nov. Em 2022: 12.jan, 11.fev, 16.mar, 31.mar, 02.jun, 18.jun, 20.jun, 28.jun, 20.jul, 01.set, 13.set, 26.out.

Tema: Educação. Origem: Discurso

03.fev.2020

“[O ministro Abraham Weintraub] pegou o Brasil no último lugar no ranking educacional, na prova do Pisa.”

Não é verdade que o Brasil ocupe a última colocação no ranking do Pisa (Programa Internacional de Avaliação de Estudantes). No exame mais recente, de 2018, do qual participaram 79 países, o Brasil obteve a 58ª-60ª posição em Leitura (considerando a margem de erro da média de pontos), a 72ª-74ª colocação em Matemática e a 66ª-68ª posição em Ciências. A informação, portanto, é FALSA.

LEIA MAIS FONTE ORIGEM

REPETIDA 39 VEZES. Em 2020: 23.jan, 03.fev, 05.fev, 06.fev, 13.fev, 09.mar, 24.abr, 20.mai, 22.mai, 23.mai, 07.jul, 14.ago, 13.nov, 16.nov. Em 2021: 06.jan, 28.jul, 01.out, 11.out, 15.out, 25.out, 27.out, 09.nov, 10.nov, 22.nov, 23.nov. Em 2022: 12.jan, 11.fev, 16.mar, 31.mar, 02.jun, 18.jun, 20.jun, 28.jun, 20.jul, 01.set, 13.set, 26.out.

Tema: Educação. Origem: Discurso

29.jan.2020

“Formamos o nosso ministério sem pressões políticas.”

A declaração é FALSA, porque a montagem da equipe ministerial seguiu indicações políticas. Ao preterir as lideranças partidárias nas indicações, o presidente ampliou a influência de outros grupos de interesse, como as bancadas que representam ruralistas e evangélicos e os militares. Um exemplo foi a nomeação de Tereza Cristina (DEM) para a pasta da Agricultura. Engenheira agrônoma, ela se cacifou junto ao presidente para o cargo ainda nas eleições, quando a Frente Parlamentar para a Agricultura, da qual era a chefe, manifestou apoio a Bolsonaro. A bancada ruralista também pressionou pela indicação de Ricardo Salles para o Ministério do Meio Ambiente, que teve apoio de entidades ligadas ao setor, além do ramo da construção civil. A bancada evangélica emplacou não só Damares Alves, que é pastora, no Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, como conseguiu barrar a indicação do educador Mozart Neves Ramos para o Ministério da Educação — Ricardo Vélez, mais simpático às bandeiras evangélicas, foi o nome escolhido.

LEIA MAIS FONTE ORIGEM

REPETIDA 37 VEZES. Em 2020: 29.jan, 24.abr, 26.ago, 03.set, 15.out, 09.nov, 11.nov, 29.nov, 19.dez. Em 2021: 27.abr, 02.set, 03.set, 10.set, 27.set, 13.out, 14.out, 10.nov, 09.dez, 19.dez. Em 2022: 08.jan, 11.abr, 29.abr, 19.mai, 29.jun, 30.jun, 20.jul, 27.jul, 09.ago, 22.ago, 24.ago, 14.set, 18.set, 23.set, 24.set, 29.set, 23.out, 28.out.

Tema: Equipe de governo. Origem: Discurso

28.jan.2020

“Pelo que parece teve uma família [brasileira] na região onde o vírus tá atuando [na China]. Não seria oportuno retirar de lá, com todo o respeito, mas o contrário.”

Ao responder a pergunta de um jornalista a respeito de uma eventual repatriação dos brasileiros que estão no epicentro da epidemia do coronavírus, Bolsonaro sugere que haveria poucas pessoas na região e que "não seria oportuno tirá-los de lá”. Mas, de acordo com estimativa do Itamaraty, há cerca de 70 pessoas isoladas em cidades da província de Hubei, o que torna a declaração IMPRECISA.

FONTE ORIGEM

Tema: Coronavírus. Origem: Entrevista

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.