Viúva de Che Guevara não recebe pensão do Brasil; boato de 2014 ressurge nas redes

Compartilhe

É falsa a informação de que a viúva de Ernesto Che Guevara, Aleida March, recebia do governo brasileiro, nas gestões do PT, uma pensão pela morte do marido, um dos líderes da revolução cubana. O boato nasceu em 2014 em publicação de um site de humor e ressurgiu nas redes sociais nesta semana na esteira da divulgação de detalhes da reforma da Previdência preparada pelo governo Bolsonaro.

Compartilhado em duas versões (aqui e aqui), o conteúdo enganoso já passava dos 10 mil compartilhamentos no Facebook nesta sexta-feira (15). Todas as publicações que trazem essa desinformação foram marcadas com o selo FALSO na ferramenta de verificação da rede social (entenda como funciona).


FALSO

Que bonito hein, PT??? Quando foi que essa senhora [Aleida March] trabalhou no Brasil??? A profissão dela era ser amiguinha do Lula???

Com a discussão em torno da reforma da Previdência, voltou a circular na internet um boato de 2014 que diz que o governo brasileiro, sob o PT, pagava à Aleida March, viúva do guerrilheiro cubano Ernesto “Che” Guevara, uma aposentadoria de R$ 9.800.

A notícia falsa nasceu no A Conversa, que, segundo sua descrição, era “um site de humor com notícias falsas, portanto nada postado aqui serve de fonte para outros veículos de comunicação sérios”. Hoje o site foi desativado, mas é possível ver alguns trechos de suas publicações no Internet Archive. No mesmo ano da história sobre Aleida, por exemplo, o A Conversa publicou também textos intitulados “Planalto diz que Dilma precisa de 4 anos para responder perguntas do Jornal Nacional” e “Candidato diz que se ganhar vai transferir metade da verba pública para sua conta no exterior”.

A imagem utilizada pela publicação também não retrata a viúva de Che Guevara, mas a filha do casal, Aleida Guevara. Compare abaixo as fotos de Aleida March (à direita) e a de Aleida Guevara (à esquerda, a usada na notícia falsa):

Além disso, Aos Fatos não encontrou evidências de que o governo ou o próprio Lula tenha pago uma aposentadoria para a viúva de Che Guevara ou que ela receba qualquer benefício pela Previdência brasileira.

A pensão por morte só é paga a dependentes (cônjuges, companheiros, pais ou filhos, enteados e irmãos menores de 21 anos ou inválidos) cujo parente falecido fosse, comprovadamente, segurado do INSS na data do óbito, o que não era o caso de Che Guevara, morto na Bolívia em 1967.

Os sites Boatos.org, e-Farsas e Estadão Verifica já checaram o mesmo boato em outras ocasiões.

Compartilhe

Leia também

Por um uso ético da IA no jornalismo

Por um uso ético da IA no jornalismo

falsoBolsonaro não admitiu em áudio participação de Flávio em ‘rachadinha’

Bolsonaro não admitiu em áudio participação de Flávio em ‘rachadinha’

falsoFilho de Lula não comprou a Azul Linhas Aéreas

Filho de Lula não comprou a Azul Linhas Aéreas