Vinculações constitucionais financiam mais de 70% da saúde e da educação

Compartilhe

O governo interino de Michel Temer deverá enviar, nas próximas semanas, uma PEC (proposta de emenda constitucional) que vai mudar a vinculação de despesas como saúde e educação à receita líquida do governo. Em vez disso, elas deverão ter um percentual definido em relação a um teto fixo. Dessa forma, não poderão crescer mais que a inflação. Isso deverá alterar completamente como o governo financia os setores.

Veja, em nossa sequência de gráficos, como funcionam os repasses orçamentários para os ministérios da Saúde e da Educação desde 2011.

Compartilhe

Leia também

Por um uso ético da IA no jornalismo

Por um uso ético da IA no jornalismo

falsoBolsonaro não admitiu em áudio participação de Flávio em ‘rachadinha’

Bolsonaro não admitiu em áudio participação de Flávio em ‘rachadinha’

falsoFilho de Lula não comprou a Azul Linhas Aéreas

Filho de Lula não comprou a Azul Linhas Aéreas