Vídeo que mostra resgate de vítimas de enchente com carregadeira foi gravado na China, não no RS

Compartilhe

Não é verdade que um vídeo que mostra uma família sendo salva de uma enchente por uma carregadeira tenha sido gravado no Rio Grande do Sul, como alegam publicações que circulam nas redes. As imagens tiradas de contexto foram, na verdade, registradas no início de agosto em Pequim, na China, após enchentes causadas pelo tufão Doksuri.

Publicações com o conteúdo enganoso acumulavam 84 mil compartilhamentos no Facebook nesta terça-feira (12) e 2.000 curtidas no Instagram. O conteúdo falso também alcançou ao menos 200 mil visualizações no TikTok e Kwai.


Selo falso

SOS Rio Grande do Sul. Essa foi uma das cenas mais fortes que eu já vi. Enquanto isso, o presidente, réu, condenado ex-presidiário viaja, passeia


Publicação enganosa compartilha como se tivessem sido registradas no Rio Grande do Sul imagens de um salvamento ocorrido na China

Um vídeo que mostra uma carregadeira enfrentando uma enchente para resgatar uma família tem circulado fora de contexto nas redes para sugerir que se trata de um registro gravado em uma das cidades afetadas pelas chuvas no Rio Grande do Sul. As imagens, no entanto, retratam a ação de um homem que resgatou um grupo de pessoas durante enchente ocorrida em agosto deste ano em Pequim, na China.

Entre julho e agosto, a passagem do tufão Doksuri deixou um rastro de destruição no sudeste e no norte do país. De acordo com a ONU, o fenômeno climático fez com que a China registrasse o maior volume de chuvas dos últimos 140 anos.

Essa não é a primeira peça de desinformação que tira de contexto vídeos de outros desastres para alegar que se trata de cenas gravadas recentemente no Rio Grande do Sul. Aos Fatos identificou, por exemplo, que quatro de seis filmagens de um compilado que circula nas redes e supostamente mostra os efeitos da chuva no estado foram registradas em outros locais.

Leia mais
Nas Redes Entrega de doações na cidade gaúcha de Lajeado não foi paralisada para aguardar chegada de Lula

Outra alegação falsa já desmentida é a de que a enchente no Vale do Taquari foi causada pela abertura de comportas de barragens. Segundo a administradora das hidrelétricas da região, nenhuma delas possui comportas capazes de controlar a vazão das represas.

Desde o último dia 4, diversas regiões do Rio Grande do Sul têm sofrido com tempestades, enchentes e deslizamentos causados pela passagem de um ciclone extratropical. Até a tarde desta terça (12), a Defesa Civil havia contabilizado 47 mortos e 4.794 desabrigados.

Compartilhe

Leia também

Por um uso ético da IA no jornalismo

Por um uso ético da IA no jornalismo

falsoBolsonaro não admitiu em áudio participação de Flávio em ‘rachadinha’

Bolsonaro não admitiu em áudio participação de Flávio em ‘rachadinha’

falsoFilho de Lula não comprou a Azul Linhas Aéreas

Filho de Lula não comprou a Azul Linhas Aéreas