Vídeo que mostra ovos sendo atirados em comício do PT não é atual, mas de 2018

Por Luiz Fernando Menezes

9 de julho de 2021, 14h04

Um vídeo que mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e outros políticos do partido sendo atacados com ovos não foi gravado no início de julho de 2021, como alegam postagens nas redes sociais (veja aqui). As imagens foram registradas durante um comício da caravana do petista em São Miguel do Oeste (SC), em 2018.

O conteúdo fora de contexto reunia ao menos 10 mil compartilhamentos no Facebook. Todas foram marcadas como desinformação na ferramenta de verificação da rede social (entenda como funciona).


3/7/2021 PT FOI RECEBIDO COM OVOS.

Não foram gravadas no dia 3 de julho deste ano as imagens que mostram o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e a deputada Gleisi Hoffmann (PT-PR) sendo alvo de ovadas durante um discurso na cidade de São Miguel do Oeste, em Santa Catarina. Os registros foram feitos em 25 de março de 2018 durante uma caravana dos petistas pelo Sul do país.

Na ocasião, Lula precisou ser protegido por guarda-chuvas enquanto discursava. Tanto ele quanto Gleisi Hoffmann afirmaram na ocasião que os ovos eram atirados por moradores de um prédio vizinho ao palanque. Um registro do mesmo momento, mas de outro ângulo, foi publicado pela própria parlamentar em seu perfil oficial no Facebook.

As peças de desinformação mostram ainda imagens de um ônibus da empresa Catarinense atingido por ovos na BR-277, no Paraná. O ataque também não é recente: aconteceu no dia 26 de março de 2018, em São Miguel do Iguaçu (PR). Os manifestantes queriam atingir os veículos da caravana de Lula, mas o ex-presidente não estava no coletivo, segundo disse na época a PRF (Polícia Rodoviária Federal). O vídeo do ataque pode ser encontrado em publicações nas redes sociais desde aquela época.

Outro lado. Aos Fatos entrou em contato com o Vlog do Lisboa, identificado como o autor da peça descontextualizada, mas não obteve retorno até a publicação desta checagem.

A AFP Checamos também checou o vídeo descontextualizado.

Referências:

1. UOL
2. PT
3. Facebook (Gleisi Hoffmann)
4. Catve

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.