Vídeo não mostra protesto em Nápoles contra a CoronaVac

Por Luiz Fernando Menezes

29 de outubro de 2020, 15h58


Manifestação exibida em vídeo que circula nas redes sociais não foi realizada em Nápoles, na Itália, nem era contra a CoronaVac, vacina da chinesa Sinovac Biotech, como alegam publicações nas redes sociais (veja aqui). As cenas são de um protesto na Inglaterra em 24 de outubro em reação às restrições impostas no país para conter o avanço da Covid-19.

Publicações que veiculam o vídeo em contexto enganoso acumulavam ao menos 8.000 compartilhamentos no Facebook nesta quinta-feira (29) e foram marcadas com o selo FALSO na ferramenta de verificação da rede social (veja como funciona).


FALSO

Um vídeo em que dois homens aparecem segurando uma grande seringa durante uma manifestação não foi gravado em Nápoles, na Itália, nem mostra um ato contra a CoronaVac, vacina da empresa chinesa Sinovac Biotech que no Brasil é testada em parceria com o Instituto Butantan. As imagens, que apareceram na Globo News, na verdade são de um protesto em Londres, na Inglaterra, em 24 de outubro.

Segundo a imprensa local, os manifestantes eram contrários as restrições impostas pelo governo para combater a segunda onda de casos da Covid-19, principalmente o lockdown.

A seringa destacada no vídeo não cita a CoronaVac ou a China, mas supostos malefícios causados por vacinas. Ao aproximarmos a imagem, é possível ver a alegação de que as imunizações têm nanochips para rastrear a população, o que, no caso da Covid-19, é falso.

A vacina da Sinovac Biotech não está sendo testada na Itália nem na Inglaterra. Há registros de testes clínicos da imunização no Brasil, na Turquia e na Indonésia.

Referências:

1. Globo News
2. Sputnik
3. The Guardian
4. Aos Fatos
5. Clinical Trials
6. Indonesia Registry Web Portal


De acordo com nossos esforços para alcançar mais pessoas com informação verificada, Aos Fatos libera esta reportagem para livre republicação com atribuição de crédito e link para este site.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.