Vídeo não mostra protesto contra a TV Globo em SP; imagens e áudio são antigos

Por Marco Faustino

10 de setembro de 2021, 17h43

Publicações nas redes sociais (veja aqui) compartilham um vídeo manipulado para dizer que moradores de São Paulo xingaram a TV Globo durante a exibição da abertura do Jornal Nacional na última quarta-feira (8). A edição, na verdade, foi feita com imagens de um panelaço ocorrido em 2015, na capital paulista, juntamente com o áudio de uma manifestação de 2013, em Brasília. Aos Fatos não localizou registros audiovisuais semelhantes que tenham sido gravados na data citada pelas peças de desinformação.

O conteúdo enganoso circula no Facebook desde quarta-feira (8) no Facebook, e reunia ao menos 4.861 compartilhamentos nesta sexta-feira (10).


Hoje em São Paulo na abertura do Jornal Nacional 08/09/21. ‘Ei! Globo! Vai tomar no cu! Canta o paulista!’

Um vídeo editado com imagens de um panelaço em 2015 e áudio de uma manifestação em 2013 tem sido difundido nas redes sociais como se mostrasse um ato de hostilidade contra a TV Globo em São Paulo na última quarta-feira (8). Aos Fatos não localizou vídeos semelhantes, nem registros na imprensa, de que a emissora tenha sido alvo de xingamentos por parte de moradores de São Paulo na data citada pelas peças de desinformação.

Em busca feita em vídeos de protestos antigos, Aos Fatos verificou que o áudio utilizado na montagem é de um protesto ocorrido em 17 de junho de 2013, quando manifestantes ocuparam a cobertura do Congresso Nacional, em Brasília. Há uma série de elementos sonoros idênticos, como palavras de ordem, o ritmo das palmas, os assobios e os aplausos ao final. Alguns desses elementos são observáveis em um vídeo gravado de outro ângulo.

Na época, protesto era contra os gastos do país com as copas das Confederações e do Mundo, e em apoio às manifestações em São Paulo contra o reajuste das tarifas do transporte público.

Já as imagens usadas na montagem são de um vídeo que mostra o panelaço feito por moradores do bairro Jardim Marajoara, em São Paulo, em 8 de março de 2015, durante um pronunciamento da então presidente Dilma Rousseff (PT). Aos Fatos verificou uma série de elementos visuais idênticos, como a iluminação dos prédios (veja abaixo), o piscar das luzes e o deslocamento lateral da câmera.


Elementos idênticos. Comparativo de imagens mostra os mesmos elementos presentes no vídeo editado que circula nas redes (imagem superior) e no de panelaço em 2015 (imagem inferior).

No vídeo original não há qualquer xingamento à TV Globo, mas gritos de “Fora Dilma”, buzinas, cornetas, som de panelas batendo e vaias.

Referências:

1. YouTube (Fontes 1, 2 e 3)
2. Câmara dos Deputados
3. G1 (Fontes 1 e 2)

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.