Vídeo não mostra Bolsonaro em trem que vai do Pará ao Maranhão

Por Marco Faustino

7 de abril de 2022, 17h56

Um vídeo em que o presidente Jair Bolsonaro (PL) acena para apoiadores de dentro de um trem em movimento não foi gravado em uma nova linha ferroviária que liga o Pará ao Maranhão, como afirmam postagens (veja aqui). O registro retrata a inauguração de uma estação de VLT (veículo leve sobre trilhos) em Parnamirim (RN), em 30 de março.

Postagens com o conteúdo enganoso somavam ao menos 5.700 compartilhamentos no Facebook nesta quinta-feira (7).


Selo falso

Mais uma obra entregue. Um trem que vai do Pará até o Maranhão e olha quem está no trem, Jair Messias Bolsonaro

Vídeo não mostra inauguração de trem que liga o Pará ao Maranhão, mas novo VLT em Parnamirim (RN)

Postagens nas redes sociais enganam ao dizer que um vídeo da inauguração de um VLT (veículo leve sobre trilhos) em Parnamirim, região metropolitana de Natal (RN), seja relativo a uma nova estrada de ferro do Pará ao Maranhão. Na gravação, de 30 de março de 2022, é possível ver o presidente Jair Bolsonaro (PL) dentro do veículo em movimento.

Embora Aos Fatos não tenha localizado o vídeo original, registro do mesmo momento feito de outro ângulo, publicado no YouTube, mostra o presidente no mesmo vagão, que tem impressa uma propaganda do governo federal relacionada à transposição do rio São Francisco (veja o comparativo abaixo).

Trem de Parnamirim tem adesivo de propaganda do governo federal da transposição do rio São Francisco
Comparativo. Adesivo aparece no vídeo fora de contexto (acima) e nas cenas da inauguração da estação de VLT em Parnamirim (RN) publicadas no YouTube (abaixo)

A obra inaugurada por Bolsonaro em Parnamirim integra o primeiro trecho da linha branca do VLT da região metropolitana de Natal, prevista para entrar em funcionamento em dezembro. O empreendimento é de responsabilidade da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), empresa pública vinculada ao governo federal.

Carajás. Outras versões dessa peça de desinformação afirmam que o trem citado circularia na Estrada de Ferro Carajás (EFC), que liga Parauapebas (PA) a São Luís (MA). Porém, a via férrea foi inaugurada em 1985, pela Companhia Vale do Rio Doce (atual Vale), privatizada em 1997. O trem de passageiros foi inaugurado em 1986, e a atual composição, financiada com recursos da iniciativa privada, opera desde 2015.

Esta peça de desinformação também foi checada pela Lupa.

Referências:

1. EBC
2. Youtube (Hutson Barbosa)
3. CBTU
4. Vale (1, 2, 3 e 4)
5. G1


Aos Fatos integra o Programa de Verificação de Fatos Independente da Meta. Veja aqui como funciona a parceria.


Esta reportagem foi publicada de acordo com a metodologia anterior do Aos Fatos.

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.