Vídeo mostra método para controlar incêndio no Canadá, não ação para culpar governo

Por Luiz Fernando Menezes

27 de julho de 2022, 17h48

Um vídeo que mostra um helicóptero lançando chamas em árvores circula fora de contexto nas redes sociais (veja aqui) para alegar que a queimada intencional serve para culpar governos e população, o que é falso. As imagens mostram uma queimada controlada, técnica usada para reduzir o combustível e impedir o alastramento de um incêndio florestal na cidade de Quesnel, no Canadá, em 2018.

A gravação com o falso contexto acumula mais de 39 mil visualizações no Telegram e centenas de compartilhamentos no Facebook até a tarde desta quarta-feira (27).


Selo falso

Pessoal fiquem ligados que tem helicóptero com lança chamas para queimar florestas e jogar a culpa no governo e no povo.

Vídeo de helicóptero combatendo incêndio no Canadá circula como se fosse aeronave ateando fogo em floresta brasileira

Não é verdade que um vídeo mostra uma queimada com o objetivo de provocar incêndios para jogar a culpa no governo e no povo, como afirmam postagens. As imagens foram gravadas na cidade de Quesnel, no Canadá, e de fato mostram um helicóptero lançando chamas em árvores, mas se trata de uma técnica utilizada para combater incêndios florestais.

O Aos Fatos identificou que o vídeo foi publicado pela empresa canadense Arduini Helicopters em agosto de 2018. A legenda do vídeo dizia: “Ocupado novamente este ano com combate a incêndios. Desta vez combatendo fogo com fogo.” A mesma gravação circulou nas redes sociais em 2019 e 2020 com alegações desinformativas, e na época a AP conversou com o piloto da aeronave e proprietário da empresa, Thomas Arduini. Ele confirmou que o vídeo mostra um de seus helicópteros na ação para combater as chamas.

A gravação mostra uma técnica de queimada controlada para evitar que o incêndio florestal se alastre que serve como um cordão de isolamento. Nesses casos, uma parte da vegetação é incinerada de maneira programada, sob monitoramento, para evitar que o fogo se alastre além daquela fronteira. Quando as chamas chegam na região queimada intencionalmente, já não há mais matéria orgânica para entrar em combustão, e o incêndio é controlado.

Em setembro de 2020, peças de desinformação usaram um vídeo que mostrava brigadistas do ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) aplicando a técnica do incêndio controlado no Pantanal. As peças traziam a alegação falsa de que o instituto incinerava a vegetação para culpar o presidente Jair Bolsonaro (PL).

A AFP Checamos também desmentiu essa peça de desinformação.

Referências:

1. Facebook (Arduini Helicopters)
2. AP
3. BBC Brasil
4. Aos Fatos

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.