🕐 ESTA REPORTAGEM FOI PUBLICADA EM Junho de 2023. INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE TEXTO PODEM ESTAR DESATUALIZADAS OU TEREM MUDADO.

Vídeo mostra Lula assinando registro de visitantes de Roma, não acordo bilionário

Por Marco Faustino

29 de junho de 2023, 15h42

Não é verdade que um vídeo mostra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) assinando um “acordo bilionário” com empresas italianas, como alegam nas redes. O documento firmado pelo mandatário na gravação é o Livro de Ouro Capitolino, que registra a visita de personalidades à prefeitura de Roma. A alegação enganosa sobre o vídeo também foi desmentida pelo Ministério das Relações Exteriores.

Posts com o conteúdo enganoso acumulavam 100 mil visualizações no TikTok e centenas de curtidas no Instagram nesta quinta-feira (29). As peças de desinformação circulam também no WhatsApp, plataforma na qual não é possível estimar o alcance (fale com a Fátima).


Selo falso

Lula assina acordo bilionário na Itália. 5 novas empresas italianas vão vim [sic] para o Brasil, gerando 25 mil novos empregos.

Vídeo que mostra Lula assinando livro de visitas da prefeitura de Roma circula como se registrasse presidente fechando acordos bilionários com a Itália

Publicações nas redes têm compartilhado fora de contexto um vídeo em que Lula assina um livro ao lado do prefeito de Roma, Roberto Gualtieri, para sugerir que o presidente teria fechado um acordo bilionário para trazer cinco empresas italianas ao Brasil. O documento assinado pelo brasileiro é, na verdade, o Livro de Ouro Capitolino, que registra a passagem de visitantes ilustres pela prefeitura de Roma. A informação foi confirmada ao Aos Fatos pelo Ministério das Relações Exteriores.

De acordo com a pasta, Lula não assinou quaisquer atos ou acordos durante sua viagem recente à Itália, entre os dias 20 e 23 de junho. O petista se encontrou com o papa Francisco, com a primeira-ministra da Itália, Giorgia Meloni, e discutiu com o presidente italiano, Sergio Mattarella, a relação entre Brasil e Itália e o avanço nas negociações do acordo comercial entre o Mercosul e a União Europeia.

Foto mostra o momento em que Lula assina o Livro de Ouro Capitolino ao lado do prefeito de Roma, Roberto Gualtieri
Registro de visitas. Lula assina o Livro de Ouro Capitolino ao lado do prefeito de Roma, Roberto Gualtieri (Reprodução/Prefeitura de Roma)

Registros no site oficial da prefeitura de Roma mostram que diversas outras autoridades e chefes de Estado já assinaram o Livro de Ouro Capitolino durante visitas à capital, como o Papa Francisco e o presidente do Iraque, Abdul Latif Rashid.

A peça de desinformação também foi desmentida pela AFP Checamos.

Referências:

1. Twitter
2. Prefeitura de Roma (Fontes 1, 2 e 3)
3. G1
4. Poder 360
5. Governo Federal
6. UOL

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.