Vídeo em que Gusttavo Lima beija bandeira do Brasil é anterior ao Lollapalooza

Por Luiz Fernando Menezes

1 de abril de 2022, 17h39

Não é verdade que o cantor Gusttavo Lima beijou uma bandeira do Brasil durante um show em resposta às críticas ao presidente Jair Bolsonaro (PL) no Lollapalooza, como alegam postagens nas redes (veja aqui). As imagens que mostram o gesto do sertanejo foram registradas em Portugal em 4 de março, antes do início do festival, no dia 25.

Publicações enganosas acumulavam ao menos 8.000 compartilhamentos em publicações no Facebook nesta sexta-feira (1º) e também circulam no TikTok e Youtube.


Selo falso

Gusttavo Lima beija bandeira em show em Lisboa, dia 4 de março

É falso que as imagens em que o cantor Gusttavo Lima aparece beijando a bandeira do Brasil tenham sido feitas após o Lollapalooza e registrem uma resposta do sertanejo às críticas que o presidente Jair Bolsonaro recebeu no festival de música em São Paulo.

As cenas compartilhadas nas redes sociais, em que o cantor segura e beija a bandeira brasileira, foram gravadas durante apresentação em Lisboa, Portugal, em 4 de março deste ano. Já o Lollapalooza foi realizado entre os dias 25 e 27 de março.

Segundo a publicação enganosa, as imagens teriam sido registradas em show realizado em Curitiba (PR) no último sábado (26). O cantor de fato se apresentou na capital paranaense na data, mas não há registro semelhante ao que vem sendo difundido.

Em busca por trechos do show em Curitiba, Aos Fatos não encontrou momento em que Lima tenha repetido o gesto ou criticado as manifestações políticas no Lollapalooza, embora seja costume do cantor mostrar a bandeira brasileira no palco.

No dia 26, ela apareceu em um telão, ao lado da bandeira do Paraná. Em dezembro de 2021, o símbolo nacional também apareceu em show em São Paulo ao lado do estadual.

Frame do vídeo mostra bandeiras do Brasil e Paraná em show de Gusttavo Lima em Curitiba.
Curitiba. Símbolo nacional ao lado da bandeira paranaense no show de Gusttavo Lima (Reprodução).

Procurado por Aos Fatos, o site Terra Brasil Notícias, uma das páginas que veiculou o conteúdo enganoso, não respondeu até a publicação desta checagem na sexta-feira (1).

Referências:

1. Instagram (@staffgusttavolima)
2. YouTube (1 e 2)
3. TikTok (@maykito_)


Aos Fatos integra o Programa de Verificação de Fatos Independente da Meta. Veja aqui como funciona a parceria.

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.