Vídeo em que Lula considera não se candidatar ao Planalto é de 2020, não atual

Por Luiz Fernando Menezes

4 de novembro de 2021, 17h14

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) não admitiu desistir da candidatura à Presidência em 2022 durante entrevista recente, como afirmam postagens que circulam nas redes sociais (veja aqui). A gravação foi feita em abril de 2020 e, embora a pré-candidatura oficial de Lula ao Planalto ainda não tenha sido oficializada pelo PT, o ex-presidente tem manifestado a sua intenção de concorrer novamente ao cargo.

Posts que trazem o vídeo com o falso contexto acumulavam mais de 1.000 compartilhamentos nesta quinta-feira (4).


Selo falso

Certamente com medo da derrota, Lula já admite desistir da candidatura à presidência.

São enganosas as publicações que afirmam que o ex-presidente Lula “já” admite desistir da candidatura à Presidência da República. A peça de desinformação tira de contexto uma entrevista dada por Lula a Leonardo Sakamoto, colunista do UOL, em abril de 2020.

O ex-presidente diz, em um trecho: “Eu, sinceramente, Sakamoto, eu vou estar com 77 anos quando chegar outubro de 2022, sabe? E eu acho que se eu tiver juízo, sabe, eu tenho que ajudar para que o PT tenha outro candidato e que eu seja cabo eleitoral” (minuto 22 do vídeo).

Em diversos momentos posteriores a essa entrevista, contudo, Lula se colocou como o pré-candidato à Presidência pelo PT. Em maio de 2021, por exemplo, o petista afirmou à revista Paris Match que seria o “candidato contra Bolsonaro”. Em julho, disse que está “totalmente à disposição para ser candidato a presidente do Brasil” ao site Euronews.

No mês passado, durante entrevista coletiva em Brasília, Lula disse que sua candidatura só será confirmada no início de 2022. Contatada por Aos Fatos, a assessoria de imprensa do petista disse que o partido ainda não confirmou a sua pré-candidatura, mas afirmou que, pelo fato de a entrevista ter sido dada em abril de 2020, o texto era uma desinformação.

A gravação descontextualizada foi publicada originalmente pelo Jornal da Cidade Online na tarde da última quarta-feira (3). No mesmo dia, no entanto, o site corrigiu a informação dizendo que “foram induzidos ao erro”. Ainda assim, reproduções do texto original continuavam a circular nas redes sociais com a alegação enganosa.

Pesquisas. Lula lidera as pesquisas sobre a corrida presidencial de 2022. De acordo com o último levantamento do Datafolha, de setembro, Lula alcança 44% das intenções de voto em uma das simulações de disputa do primeiro turno. No mesmo cenário, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem 26%.

Agência Lupa e UOL Verifica também checaram essas alegações.

Referências:

1. UOL
2. Paris Match
3. Euronews
4. Exame
5. Folha de S.Paulo


Aos Fatos integra o Third-Party Fact-Checking Partners, o programa de verificação de fatos do Facebook. Veja aqui como funciona a parceria.

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.