Vídeo antigo de Eduardo Bolsonaro nos EUA circula como se fosse palestra recente no Qatar

Compartilhe

Não é recente nem foi gravado no Qatar, como afirmam postagens, um vídeo que mostra trecho de uma palestra do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP). As imagens foram gravadas em um evento nos Estados Unidos, em agosto de 2021.

Publicações com o conteúdo enganoso acumulavam 3.000 compartilhamentos no Facebook nesta quarta-feira (30) e circulam também no Instagram, no Telegram e no WhatsApp, sendo que nos aplicativos de mensagens não é possível estimar o alcance (fale com a Fátima).


Selo falso

Eduardo Bolsonaro vai ao Qatar para mostrar ao mundo a real situação que está no Brasil

Vídeo difundido pelas peças checadas retrata palestra de Eduardo Bolsonaro nos EUA em 2021, não recente no Qatar

É falso que um vídeo mostra o deputado federal Eduardo Bolsonaro no Qatar explicando “a situação do Brasil”. As imagens são de uma palestra do parlamentar durante o evento organizado por apoiadores de Donald Trump, em 11 de agosto de 2021, nos Estados Unidos.

O registro difundido pelas peças checadas também traz desinformação sobre urnas eletrônicas. Nele, é exibido que algumas urnas teriam autocompletado o número do candidato do PT à Presidência em 2018, Fernando Haddad, o que não procede. Os supostos indícios disso estão em um vídeo que é uma montagem, como já verificado por Aos Fatos.

Eduardo Bolsonaro foi filmado pela transmissão oficial da Fifa durante a partida entre Brasil e Suíça, pela Copa do Mundo, em Doha. Depois, o deputado gravou um vídeo afirmando que o motivo da viagem seria a entrega de pendrives sobre a “situação do Brasil”. Aos Fatos não localizou registros de que Eduardo Bolsonaro tenha dado palestras recentemente no Qatar.

Compartilhe

Leia também

Por um uso ético da IA no jornalismo

Por um uso ético da IA no jornalismo

falsoBolsonaro não admitiu em áudio participação de Flávio em ‘rachadinha’

Bolsonaro não admitiu em áudio participação de Flávio em ‘rachadinha’

falsoFilho de Lula não comprou a Azul Linhas Aéreas

Filho de Lula não comprou a Azul Linhas Aéreas