Sobreviventes de acidente aéreo em Honduras eram executivos, não missionários

Por Marco Faustino

22 de fevereiro de 2021, 15h39

Fotos de um acidente aéreo ocorrido em 2018, em Honduras, circulam com a falsa alegação de que mais de vinte missionários sobreviveram à queda de um avião (veja aqui). Além do piloto e copiloto havia apenas mais quatro passageiros a bordo, todos executivos de uma empresa de penhores nos EUA.

O conteúdo enganoso reunia ao menos 85.300 compartilhamentos nesta segunda-feira (22), e foi marcado com o selo FALSO na ferramenta de verificação da rede social (saiba como funciona).


O avião cai com mais de 20 missionários indo prega evangelho e ninguém morreu. Deus de milagres

Postagens nas redes sociais compartilham fotos de um antigo acidente aéreo em Honduras ao alegar, de maneira falsa, que mais de vinte missionários sobreviveram à queda da aeronave. Na verdade, todos os quatro passageiros a bordo, à exceção de piloto e copiloto, eram executivos de uma empresa americana de penhores.

No dia 22 de maio de 2018, uma aeronave Gulfstream G200 Galaxy, prefixo N813WM, decolou do Aeroporto Internacional Austin–Bergstrom, no Texas, nos EUA, rumo ao Aeroporto Internacional Toncontín, em Tegucigalpa, capital de Honduras. Ao aterrissar, o avião saiu da pista, desceu um barranco de 20 metros e foi parar no meio de uma estrada.

Estavam no avião o piloto Alex Castellane Murta, o copiloto Joahn Joseph Page Salcedo, e quatro executivos da EZCorp: John Blair Powell (então chefe de Operações), Nicole Swies (então vice-presidente de Planejamento e Análise Financeira), Robert Kasenter (ex-administrador sênior) e Joe Rotunda (então diretor de Operações).

A maioria deles sofreu apenas ferimentos leves, com exceção de Joe Rotunda, que teve algumas costelas quebradas e um pulmão perfurado.

Inexperiência. O Aeroporto Internacional Toncontín é conhecido por ser um dos mais difíceis do Hemisfério Norte para aproximações e pousos, visto que é cercado por montanhas e bairros residenciais. O piloto da aeronave nunca tinha feito uma aterrissagem nesse aeroporto e ignorou os protocolos de segurança, segundo o El Heraldo.

Esta peça de desinformação também foi checada por Boatos.org, E-farsas, Estadão Verifica e Lupa.

Referências:

1. Aviation Safety
2. YouTube
3. KVUE
4. Daily Mail
5. El Heraldo
6. Boatos.org
7. E-farsas
8. Estadão Verifica
9. Lupa

Leia também

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.