🕐 Esta reportagem foi publicada há mais de seis meses

Saiba como buscar informações sobre seus candidatos antes das eleições

Por Amanda Ribeiro, Ana Rita Cunha e Luiz Fernando Menezes

14 de novembro de 2020, 10h02

Mais de 533 mil pessoas concorrem às eleições municipais neste ano em todo o Brasil. Só na cidade de São Paulo, os eleitores podem escolher entre 14 candidatos à prefeitura e mais de 2.000 candidatos a vereador. É muita gente. Nesse contexto, além de ser difícil escolher quem pode te representar ao longo dos próximos quatro anos, pode ser trabalhoso encontrar informações sobre a biografia dos políticos.

Pensando nisso, o Aos Fatos selecionou sites e ferramentas onde é possível consultar informações sobre o histórico eleitoral, econômico e judicial de seu candidato ou sua candidata. Há, ainda, orientações sobre como denunciar desinformação eleitoral e como sugerir checagens para o Aos Fatos sobre os candidatos ou sobre as eleições em geral. E se você ainda não decidiu em quem votar, não tem problema: listamos também algumas dicas de onde é possível começar a procurar pelo político que pode ser escolhido para estar à frente do seu município.


Para encontrar candidatos e fiscalizar campanhas

Divulga Cand
O site oficial do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) traz informações sobre todas as candidaturas registradas no país e disponibiliza dados como a lista de bens dos candidatos, processo judiciais, histórico de desempenho em outras eleições, entre outras informações pessoais. Nessa base, dá para descobrir quem está financiando a campanha de um candidato e como ele está gastando esse dinheiro. No caso dos prefeitos, também é possível conferir as propostas do plano de governo apresentado.

Para pesquisar, basta selecionar o estado e o município e, então, escolher se deseja consultar dados de candidatos a prefeito ou vereador. Há, ainda, como consultar informações de pleitos anteriores.

O Cepesp (Centro de Política e Economia do Setor público) reúne o histórico dos dados do Divulga Cand e pode facilitar a busca de informações antigas sobre filiação partidária, resultados eleitorais e contas de campanha.

Gênero e Número
O portal de jornalismo de dados que enfoca questões de gênero produziu um especial com todas as candidatas a prefeita, vice-prefeita e vereadora. A ferramenta, que permite filtrar os nomes das candidatas por estado e município, traz informações sobre raça e escolaridade, além do número nas urnas.

Encontre seu candidato a vereador
Válido apenas para as capitais São Paulo e Rio de Janeiro, a calculadora de afinidade eleitoral criada pelo jornal O Globo te ajuda a encontrar um candidato a vereador com base em perguntas simples, como preferência por partido, gênero e temas que devem ser abordados em uma possível gestão. No final do questionário, é apresentada uma lista com os candidatos e as respectivas linhas ideológicas e prioridades de governo. A ferramenta também traz uma mensagem do político ao eleitor com informações como biografia ou promessas de governo.

Pindograma
Quer comparar a atuação de seu candidato nas pesquisas, mas não sabe onde encontrar os dados? Essa plataforma agrega todas as pesquisas de intenção de voto realizadas e mostra um panorama geral de como está a disputa no município. Além de informações sobre a data de coleta dos dados, o número de registro no TSE, a margem de erro e o intervalo de confiança, há um ranking de desempenho dos institutos de pesquisa.


Para acompanhar quem já atua em cargos públicos

Portal da Transparência
A depender do cargo público já ocupado por seu candidato, é possível encontrar informações sobre gastos com dinheiro público, proposições e participação em comissões, por exemplo, consultando os portais da transparência. Além do portal do governo federal, há sites específicos para deputados federais, senadores, deputados estaduais (usamos São Paulo como exemplo, mas cada estado tem o seu site) e vereadores (mais uma vez, é possível procurar pelo portal de seu município). Neles, é possível consultar propostas legislativas, projetos aprovados e vetados, gastos discriminados e presença em plenário ou comissões.

Se o seu candidato ou sua candidata já foi prefeito, prefeita, governador ou governadora, também é possível buscar informações em portais da transparência de prefeituras ou governos estaduais. No caso da Prefeitura de São Paulo, por exemplo, é possível se informar sobre funcionalismo municipal, receitas e despesas, compras e licitações, parcerias, etc. Dados similares, só que em nível estadual, estão disponíveis nos portais estaduais.

Meu Município
Se o seu candidato ou sua candidata concorre à reeleição ou já foi prefeito ou prefeita, é possível consultar dados sobre o município durante sua gestão neste portal. Organizadas por ano, as informações disponíveis se referem a receitas e despesas, eficiência de gastos e estrutura da educação municipal. O site também permite fazer comparações entre diversas cidades.

Elas no Congresso
Criado para monitorar o trabalho de parlamentares no que se refere a políticas sobre os direitos das mulheres e questões de gênero, o Elas no Congresso traz dados sobre projetos em andamento no Parlamento brasileiro e um ranking que classifica deputados e senadores de acordo com sua atuação. A tabela traz também informações sobre quais parlamentares são candidatos nas eleições municipais de 2020.


Para conhecer o histórico político, judicial e econômico

Brasil.io
A partir dos dados encontrados no Divulga Cand, como o número do CNPJ do candidato, o eleitor pode fazer uma série de cruzamentos no Brasil.io, que agrega informações de várias bases governamentais. É possível, por exemplo, ver de quais empresas um candidato é sócio e verificar se alguma dessas empresas recebeu verba parlamentar. Ainda dá para pesquisar em quais partidos determinado candidato foi filiado — os dados estão disponíveis apenas até 2018, mas informações mais recentes podem ser encontradas no site do TSE.

Ctrl+X
Desenvolvido pela Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo), o projeto agrega informações sobre processos judiciais ajuizados por políticos para remoção de conteúdo da internet, sejam postagens nas redes sociais, sejam reportagens publicadas por veículos de imprensa. Esses dados podem ser pesquisados por estado, partido, político ou tipo de alegação (violação à privacidade, direitos autorais, difamação, etc). Na aba “Representações e ofícios”, dá para encontrar os números dos processos e acessar o link que leva direto ao tribunal em que a ação tramita.


Para denunciar desinformação eleitoral

TSE
Checou as informações e verificou que algum eleitor ou candidato está disseminando desinformação? É possível denunciar postagens com conteúdo enganoso de diversas formas. O TSE, por exemplo, disponibiliza canais para que os cidadãos denunciem informações falsas, propaganda eleitoral irregular e até corrupção.

Healthy Internet Project
Em sites e blogs em geral, a extensão de navegador Healthy Internet Project pode te ajudar: após a instalação, os usuários podem marcar qualquer URL com apenas um clique e classificá-la como desinformação, abuso, discurso de ódio ou conteúdo que explora o medo das pessoas. A denúncia segue, então, para a avaliação de uma equipe de checadores, que verificará se ela procede ou não.

Redes sociais
Já em redes sociais como Facebook e Instagram, é possível denunciar postagens nas próprias plataformas. Acessando as opções de denúncia, pode-se classificar uma publicação como “Notícia Falsa”, por exemplo. Esses conteúdos são enviados à equipe do Facebook e para agências de checagens parceiras da rede social. Como os posts são muitos e as equipes são limitadas, acabam sendo desmentidos primeiramente os conteúdos mais virais.

Fátima
Por fim, sempre é possível pedir ajuda à Fátima, a robô do Aos Fatos. Você pode conversar com ela no Messenger do Facebook ou no WhatsApp para receber dicas de como separar notícias de opinião, aprender a verificar informações ou enviar sugestões de checagens à nossa equipe.

Acompanhe o Aos Fatos
Desde o início da campanha eleitoral, o Aos Fatos tem publicado checagens sobre as eleições do Rio de Janeiro e de São Paulo e desmentido peças de desinformação sobre o pleito e candidatos de diversas cidades. Todas as reportagens podem ser acessadas aqui.

Referências:

1. Divulga Cand
2. Cepesp
3. Gênero e Número
4. O Globo
5. Pindograma
6. Câmara dos Deputados
7. Senado
8. Assembleia Legislativa de São Paulo
9. Câmara Municipal de São Paulo
10. Prefeitura de São Paulo
11. Governo de São Paulo
12. Meu Município
13. Elas no Congresso (Fontes 1, 2 e 3)
14. Brasil.io (Fontes 1, 2, 3 e 4)
15. TSE (Fontes 1 e 2)
16. Ctrl+X
17. Aos Fatos (Fontes 1, 2, 3, 4, 5 e 6)

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.