🕐 ESTA REPORTAGEM FOI PUBLICADA EM Setembro de 2023. INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE TEXTO PODEM ESTAR DESATUALIZADAS OU TEREM MUDADO.

Prefeito de Garanhuns não mandou destruir estátua de Lula; monumento nunca existiu

Por Bianca Bortolon

13 de setembro de 2023, 18h15

Não é verdade que o prefeito de Garanhuns (PE), Sivaldo Albino (PSB), ordenou a derrubada de uma estátua existente na cidade em homenagem ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), como afirmam publicações nas redes. De acordo com a administração do município, o monumento nunca existiu. Apontada como fonte da alegação enganosa, a suposta reportagem atribuída à Veja também não consta entre os conteúdos publicados no site da revista.

O conteúdo enganoso, que é antigo e voltou a circular recentemente, acumulava ao menos 400 mil visualizações no TikTok e centenas de compartilhamentos no Facebook até a tarde desta quarta-feira (13). As peças de desinformação também circulam no WhatsApp, plataforma na qual não é possível estimar o alcance (fale com a Fátima).


Selo falso

PREFEITO DE GARANHUNS, EM PERNAMBUCO, MANDA DERRUBAR ESTÁTUA DE LULA. ATÉ ONDE NASCEU ESTA PRAGA É ODIADA PELOS ROUBOS E MENTIRAS AO POVO BRASILEIRO…. SÓ OS PETRALHAS DOENTES MENTAIS QUE ACREDITAM NELE

Matéria falsa, atribuída à revista Veja, alega que o prefeito de Garanhuns teria mandado derrubar estátua em homenagem a Lula, exibindo foto de escavadeira e monumento.

Publicações nas redes enganam ao afirmar que a Prefeitura de Garanhuns (PE), terra natal de Lula, teria mandado derrubar uma estátua erguida em homenagem ao presidente. O boato circula nas redes ao menos desde 2015, quando o então prefeito Izaías Régis (PSDB) negou a acusação e ressaltou que nunca houve um monumento ao petista na cidade. Em 2021, a administração do município voltou a se pronunciar sobre o tema e divulgou uma nota em que reforça que a estátua nunca existiu.

Como suposta prova para a alegação, as peças de desinformação compartilham o print de uma reportagem atribuída à Veja. Em busca no site da revista, no entanto, é possível confirmar que o conteúdo não consta entre os textos publicados.

Leia mais
Explicamos O que é o Fundo de Participação dos Municípios e por que ele está menor este ano
Nas Redes Vídeo mostra protesto contra governo de Alagoas, não contra Lula

Greve dos prefeitos. A peça de desinformação voltou a circular nas redes na esteira da paralisação de gestores municipais ocorrida no fim de agosto. No último dia 30, prefeitos de 16 estados brasileiros, a maior parte deles da região Nordeste, interromperam suas atividades administrativas para protestar contra a queda dos valores repassados pelo governo federal mediante o FPM (Fundo de Participação dos Municípios) e os supostos atrasos nessas transferências.

No contexto das manifestações, usuários começaram a compartilhar diversas peças de desinformação. O Aos Fatos desmentiu, por exemplo, que cenas de protestos de trabalhadores da educação contra o governo de Alagoas e de opositores do governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB), durante o período eleitoral mostravam atos contra Lula no Nordeste.

Esta peça de desinformação também foi desmentida por Estadão Verifica, Agência Lupa, UOL Confere e Reuters.

Referências:
1. Diário de Pernambuco
2. Facebook (Prefeitura de Garanhuns)
3. Aos Fatos (1, 2, 3)

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.