Posts usam foto pré-pandemia para sugerir maior adesão a comícios de Trump

Por Luiz Fernando Menezes

30 de outubro de 2020, 09h14


Ao fazer uma comparação da adesão popular das candidaturas de Donald Trump e Joe Biden à Presidência dos EUA, postagens enganam ao usar uma foto de um comício do presidente americano do ano passado, anterior à pandemia, ao lado de um registro recente de evento do candidato do Partido Democrata (veja aqui).

A comparação enganosa acumulava ao menos 2.000 compartilhamentos no Facebook na tarde desta quinta-feira (29) e foi marcada com o selo DISTORCIDO na ferramenta de verificação (veja como funciona). Esta classificação é empregada em publicações que mesclam informações verdadeiras e falsas ou que necessitam de um contexto adicional para sua compreensão correta.


DISTORCIDO

Circula nas redes sociais uma comparação entre duas fotos que supostamente mostrariam a diferença de público entre os comícios dos candidatos presidenciais americanos, Donald Trump e Joe Biden. O paralelo feito pelas publicações, no entanto, é enganoso porque usa imagens em contextos diferentes: enquanto a foto de Trump foi registrada em 2019, a de Biden mostra um discurso deste ano, e não um comício, realizado em meio à pandemia e que seguiu as recomendações de distanciamento social.

A primeira foto retrata um comício do presidente americano Donald Trump, mas não é recente: a imagem, registrada por Joe Burbank do Orlando Sentinel, mostra o comício do início de sua campanha presidencial realizado no Amway Center, em Orlando, no dia 18 de junho de 2019. Segundo a SBS, cerca de 20 mil apoiadores compareceram ao evento.

A foto, tirada em um momento anterior à pandemia da Covid-19, portanto, é de um contexto diferente da que mostra o evento de Joe Biden. A imagem do democrata foi registrada em junho de 2020 em um discurso (e não um comício) organizado pela campanha em Darby, cidade da Pensilvânia. Pouco mais de 20 pessoas estiveram no evento e se posicionaram seguindo as recomendações de distanciamento social para evitar a contaminação. Segundo a organização, Biden vem realizando comícios fechados para respeitar as medidas de segurança sugeridas pelo CDC (Center for Disease Control, órgão de saúde do governo americano).

A foto do comício democrata foi compartilhada por Trump para zombar da baixa adesão eleitoral de Biden. A comparação foi alvo de checagens da imprensa americana (veja aqui e aqui) e classificada como uma publicação enganosa.

Vale ressaltar que, desde o começo da campanha eleitoral, os levantamentos apontam que Biden lidera as intenções de voto. De acordo com um agregador de pesquisas eleitorais da BBC, o candidato democrata aparece atualmente com 51% dos votos, enquanto Trump está com 42%. Nas eleições americanas, no entanto, ter a maior quantidade de votos não necessariamente garante a vitória, uma vez que o país adota o sistema de colégios eleitorais.

A AFP Checamos também fez uma checagem sobre a peça de desinformação.

Referências:

1. Getty Images
2. SBS
3. NY Times
4. ABC
5. Twitter (@realDonaldTrump)
6. Reuters
7. BBC

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.