Posts usam foto de ação federal para mentir que doações estão sendo reembaladas com selo do governo

Por Marco Faustino

15 de maio de 2024, 16h36

Não é verdade que uma foto com pacotes de alimentos sendo descarregados de um caminhão prova que doações às vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul estão sendo reembaladas para simular entregas do governo federal. O registro mostra cestas de alimentos adquiridas e entregues ao município de Viamão (RS) pelo Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome.

As peças de desinformação acumulavam 1.500 compartilhamentos no Facebook e milhares de visualizações no TikTok até a tarde desta quarta-feira (15).

Leia mais
WHATSAPP Inscreva-se no nosso canal e receba as nossas checagens e reportagens

Selo falso

Publicações nas redes têm compartilhado uma foto que mostra cestas básicas sendo descarregadas de um caminhão para sugerir que as doações enviadas às vítimas das enchentes estariam sendo etiquetadas para simular entregas do governo federal. Os alimentos mostrados na imagem de fato foram adquiridos e distribuídos pelo Executivo.

O registro original foi publicado no X no último dia 11 pelo ministro da Secom (Secretaria de Comunicação Social), Paulo Pimenta (PT). A foto mostra funcionários da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) entregando cestas para membros da cozinha solidária do Assentamento Filhos de Sepé, em Viamão (RS). A ação é gerida pelo MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra).

Entre as autoridades que aparecem na foto estão, além do próprio Pimenta, o ministro da Integração e do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, e o presidente da Conab, Edegar Pretto.

As atividades na cozinha solidária do Assentamento Filhos de Sepé foram iniciadas no dia 7 de maio, com o intuito de atender a população de Eldorado do Sul (RS), uma das cidades atingidas pelas enchentes. Segundo o movimento, o espaço tem produzido diariamente 1.500 marmitas.

Na mesma ocasião, também foram distribuídas cestas básicas a outras instituições de Viamão, como os CTG (Centros de Tradição Gaúcha) e a Paróquia Santa Isabel.

A unidade da Conab em Canoas (RS) está encarregada da logística de distribuição e do armazenamento de alimentos. A companhia está priorizando o abastecimento de abrigos e cozinhas emergenciais, como as que pertencem ao programa federal Cozinha Solidária.

Leia mais
Nas Redes É falso que a Prefeitura de Canoas reembalou doações para colocar logotipo do governo federal
Explicamos Como ajudar o Rio Grande do Sul sem correr o risco de cair em golpes

Esta não é a primeira vez que publicações nas redes alegam que as doações estariam sendo reembaladas para simular entregas do governo federal. Em checagem anterior, Aos Fatos mostrou ser falsa a alegação de que a Prefeitura de Canoas estaria etiquetando as cestas de alimentos com o logotipo do Executivo. A imagem usada como prova pelas peças de desinformação também mostrava alimentos distribuídos pelo governo federal.

Referências:

1. X
2. Instagram (Fontes 1 e 2)
3. MST (Fontes 1 e 2)
4. Governo Federal (Fontes 1 e 2)

Topo

Usamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concordará com estas condições.